CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíticaTop
Trending

#Eleições2022: Grupo político que defende Rui Costa sugere que ele entre no PSB e concorra avulso ao Senado

Rui concorreria de forma avulsa ao Senado, fora da chapa encabeçada pelo senador Jaques Wagner (PT), que já negociou o mesmo espaço nela para o colega e amigo senador Otto Alencar (PSD), candidato à reeleição.

Inspirados na onda de candidaturas de governadores ao Senado, ‘ruisistas’, como são chamados os membros daquele grupo diminuto e coeso que apoiam o governador Rui Costa (PT) até debaixo d’água, passaram a defender o seu nome para a disputa de senador sem a menor cerimônia.

Chegam a sugerir que o petista se filie ao PSB para viabilizar a candidatura ao Senado repetindo exatamente a mesma estratégia utilizada no Maranhão pelo governador Flávio Dino, que era um comunista histórico do PCdoB.

Neste caso, Rui concorreria de forma avulsa ao Senado, fora da chapa encabeçada pelo senador Jaques Wagner (PT), que já negociou o mesmo espaço nela para o colega e amigo senador Otto Alencar (PSD), candidato à reeleição.

Para os defensores da tese, preservar Otto seria o único problema, já que só há uma vaga à posição disponível em 2022 e, pelo menos segundo as pesquisas, Rui é franco favorito para ganhá-la se resolver, de fato, disputá-la.

Na outra banda, o maior beneficiário da manobra seria o hoje vice-governador João Leão (PP), que assumiria o governo por nove meses com a forçada renúncia do primeiro mandatário estadual.

Rui tem até setembro para decidir mudar de partido e empreender a disputa. Não é pouco tempo para decidir se preserva o grupo, com Wagner à frente dele, ou resolve apostar apenas em salvar a própria pele. A redação é do site Política Livre.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios