CidadesCuriosidadesMenu PrincipalMundoTop
Trending

#Polêmica: Ao falar do ‘caso Lázaro’, Bolsonaro defende porte de armas e diz; “Não durmo sem uma do meu lado”

Bolsonaro disse que enquanto for presidente da República, "lutará para que o cidadão de bem tenha arma".

Ao comentar sobre o caso do criminoso Lázaro Barbosa, procurado há 10 dias, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) aproveitou nesta quinta-feira (17) para reforçar a defesa quanto a flexibilização do porte de armas e disse que não dorme sem um armamento ao lado.

“Tem um maníaco na região do DF e GO cometendo barbaridade, matando gente, estuprando… Esse elemento tentou entrar numa chácara e foi repelido porque o cara tinha um calibre doze lá dentro. Os bandidos estão armados, você não tem paz nem dentro de casa. Eu não consigo dormir, apesar de uma segurança enorme aqui no Alvorada, sem ter uma arma do meu lado”, apontou.

Lázaro Barbosa continua foragido | FOTO: Divulgação |

O presidente chegou a citar que arma é ‘vida’. “Quem não quer ter arma, é só não comprar. Não tem problema nenhum. Agora, se estiver sofrendo uma invasão, até pegar o telefone e ligar, muitas vezes a polícia leva horas. Uma arma é sua defesa, ou será que você não se garante? Arma protege a sua vida, sua família. Arma não mata; quem mata é o elemento que está atrás dela”, afirmou Bolsonaro.

Na ocasião, ele ironizou a ministra Rosa Weber, ao criticar decisões contrárias à ampliação do porte e da posse de armas. “A Rosa Weber deu várias canetadas, não sei se ela tem segurança policial, deve ter policial federal com ela. Deveria não ter para dar exemplo”, disse, concluindo que, enquanto for presidente da República, “lutará para que o cidadão de bem tenha arma”. Jornal da Chapada com informações de Correio Braziliense.

Etiquetas

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios