CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolícia
Trending

#Brasil: Deputada espancada registra boletim de ocorrência contra senador que insinuou que agressão foi “chifre” ou “cocaína”

A deputada, que denunciou ter sido vítima de atentado, também acionou o Conselho de Ética diante do que falou Styvenson Valentim (Podemos-RN) em uma live.

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) declarou, nesta segunda-feira (26), que registrou Boletim de Ocorrência (BO), além de acionar o Conselho de Ética contra o senador Styvenson Valentim (Podemos-RN). Ele insinuou que a razão das agressões sofridas pela parlamentar foi “chifre” ou “cocaína”.

“Acabo de registrar boletim de ocorrência contra o senador Styvenson, que me acusou de ter usado drogas, enquanto a polícia e o MPF investigam a possibilidade de atentado político contra mim. Hoje mesmo levarei o caso também ao Conselho de Ética do Senado Federal”, postou a parlamentar na tarde desta segunda (26).

O senador Styvenson Valentim debochou das agressões sofridas e denunciadas à Polícia Legislativa por Joice, durante live em sua conta do Instagram. “E aquela deputada feminista que apareceu com oito fraturas na cara agora, querendo livrar a cara do marido?”, perguntou um participante da live.

Styvenson respondeu: “Aquilo ali, das duas uma. Ou duas de quinhentos (Styvenson leva as mãos à cabeça, fazendo chifres) ou uma carreira muito grande (inspira, como se cheirasse cocaína). Aí ficou doida e pronto… saiu batendo em casa”.

Polícia Federal
Joice prestou, nesta segunda, o terceiro depoimento sobre sua denúncia de que foi vítima de um atentado. A parlamentar colocou em dúvida a atuação da Polícia Federal (PF).

“Eu já disse que a Polícia Federal, desde que houve a intervenção do presidente da República na Polícia, que gerou a saída do Sergio Moro, me desculpa, eu não posso confiar, não é na instituição, mas não posso deixar de desconfiar que o Planalto, que me tem como inimigo, possa fazer uma manipulação das coisas”, afirmou, de acordo com reportagem do R7.

“Então, se o Ministério Público entender que a PF tem que ser chamada, vai acionar. Está nas mãos do Ministério Público. Eu trouxe todas as cópias aqui”, acrescentou.

O caso
Na última semana, Joice revelou que acordou, no apartamento funcional que usa quando está em Brasília, sobre uma poça de sangue e com várias marcas de violência, que resultaram em cinco ossos da face, um do pescoço e uma costela fraturados, dentes quebrados e hematomas pelo corpo. O caso ainda não está esclarecido e ela alega que não se lembra de nada. A redação é do site da Revista Fórum.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios