CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíticaTop
Trending

#Polêmica: Governo Bolsonaro pagou R$75 milhões a transportadoras suspeitas de garimpo ilegal

Documentos revelados por reportagem mostram um possível “jogo duplo” de empresas de transporte aéreo que atuam na região.

Levantamento realizado pela Folha de S. Paulo neste domingo (19) mostra que o Governo Federal pagou R$ 124 milhões a empresas de Táxi Aéreo suspeitas de envolvimento com o garimpo ilegal nos últimos 7 anos. Mais da metade desse valor foi desembolsado apenas nos dois anos de governo Jair Bolsonaro.

Segundo informações do jornalista Vinicius Sassine, da Folha, uma operação da Agencia Nacional de Aviação Civil (Anac) em conjunto com a Polícia Federal, Ibama e coordenada pelo Ministério da Justiça apreendeu 66 aeronaves que são suspeitas de atuar em mineração ilegal em terra yanomâmi. A interdição aconteceu no dia 26 de agosto.

Documentos revelados pela reportagem mostram um possível “jogo duplo” de empresas de transporte aéreo que atuam na região. A operação aconteceu na sede da Cataratas Poços Artesianos, relacionada à Icaraí Turismo Táxi Aéreo. A Tarp Táxi Aéreo operava parte dos helicópteros e havia um sócio da Emar Táxi Aéreo no local.

As quatro empresas, segundo a Folha, receberam R$ 124 milhões desde 2014. A partir de 2016 a destinação de recursos a elas aumentou e, no governo Bolsonaro, se intensificou ainda mais. R$ 75 milhões às empresas suspeitas de envolvimento com garimpo ilegal foram repassados nos anos de Bolsonaro. As informações são da Revista Fórum.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios