CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíticaTop
Trending

#Eleições2022: Apesar de articular nacionalmente, Marcelo Nilo nega busca pelo PDT e diz que vai ficar no PSB

Informações obtidas pela coluna 'Vixe', do Portal Muita Informação, deram conta que o deputado teria aberto diálogo com setores do partido.

Eleito em 2018 com mais de 100 mil votos, o deputado federal Marcelo Nilo (PSB) deu sua versão sobre as informações publicadas na coluna ‘Vixe’, do Portal Muita Informação, na quarta-feira (13), que deram conta nos últimos dias de que o deputado teria aberto o diálogo com setores do PDT para tentar voltar para a sigla.

“Posso até ir, mas nunca tive conversa. Nunca tive conversa com ninguém do PDT. Nunca houve nem pensamento de minha parte. Eu jamais iria procurar o PDT porque todo mundo sabe que Félix Mendonça [presidente estadual da sigla] não gosta de mim”, justificou Marcelo Nilo.

Segundo informações da coluna, Marcelo Nilo teria conversado com Léo Prates e o deputado federal André Figueredo para abrir a interlocução com o presidente nacional da sigla, Carlos Lupi.

Essa possível movimentação teria acontecido devido ao cenário do PSB, que deve encontrar dificuldade de conseguir atrair quadros que possam se candidatar a uma vaga na Câmara Federal em 2022.

“Eu quero é ficar e vou ficar no PSB. Agora eu aprendi na política a nunca dizer 100%, pois a política é dinâmica. Agora com relação ao ano que vem a gente entende que nessa composição o PSB consegue eleger dois”, afirmou Nilo.

O entendimento hoje de quem está de fora é que não vale a pena disputar pela sigla, já que, dificilmente, elegerão dois, muito pior três parlamentares. Sem nomes competitivos, que auxiliem na atração de votos, o coeficiente dificilmente será atingido, deixando um dos deputados com mandato [Lídice e Nilo] de fora. As informações são do Muita Informação.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios