Guerra na Alba: Durante votação para vaga no TCE, deputados saem na mão; confira vídeo

alba

Deputados estaduais brigam durante votação na Assembleia | FOTO: Reprodução |

O segundo turno da disputa entre Carlos Gaban (DEM) e Zezéu Ribeiro, para a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, realizado na noite desta quarta-feira (28), transcorreu um clima bélico. Os deputados de oposição denunciaram aos berros que diversos parlamentares da base governista fotografaram o voto na cabine improvisada no mezanino do plenário. O líder da bancada de oposição Elmar Nascimento (DEM), se revoltou após o flash do celular de Pastor Sargento Isidório (PSC) por todos os presentes do plenário. “Esse é o pior dia da história da Assembleia. Isso é um prostíbulo. É um brega”, disparou. Revoltado, Nascimento bradou palavras incompreensíveis, afirmando que a votação deveria ser cancelada.

Logo após esta situação, o deputado Elmar Nascimento jogou cédulas de votação ao chão e outro deputado, Adolfo Viana (PSDB) começou a esconder as cédulas e foi repelido por Marcelino Galo (PT). Logo, o que deveria ser um momento democrático se tornou um estilo de brigas do carnaval entre os deputados Paulo Azi e Elmar Nascimento que receberam a informação do presidente da Casa de que nesta quinta-feira levará situação ao Conselho de Ética.

Assista ao momento da grande briga na Alba:

De fato a reportagem do Bocão News constatou que os deputados da base governista levavam mais tempo para votar que os da minoria. Concorrente direto pela vaga, Carlos Gaban afirmou “que isto era uma imoralidade e que a Assembleia Legislativa merecia o status de uma casa da vergonha, onde deputados com mandato dado pela população se submetem à acuação do governados Jaques Wagner”, disse. De acordo com o parlamentar esses deputados não mais podem ser chamados de colegas, “dobraram o joelho envergonhando os eleitores que representaram aqui”, enfatizou Gaban. Matéria extraída do Bocão News.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

1 Comentário Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.