Chapada: Estudantes do Ifba em Seabra cobram estrada durante protesto

ifba

À época da implantação, prefeitura ofereceu contrapartidas de infraestrutura e transporte | FOTO: Divulgação |

Estudantes, professores e servidores do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia (Ifba) campus Seabra realizaram na última quarta-feira (11) uma manifestação na BR-342 para reivindicar melhor infraestrutura de acesso ao local. Todo o ato foi supervisionado pela Polícia Rodoviária Estadual, que organizou o trânsito durante os cerca de 40 min de manifestação.

De acordo com Azanor Coelho Guedes, professor do Ifba e membro do comando de greve, a instalação do Ifba na cidade em 2008 se deu devido às contrapartidas oferecidas na época pela prefeitura: construção de uma estrada que ligasse o instituto ao centro da cidade, segurança, iluminação e transporte público. No entanto, passados seis anos poucas são as mudanças notadas no entorno do instituto. “Por conta disso, não conseguimos abrir os cursos noturnos. Chegamos a fazer um vestibular para técnico em informática, mas os alunos nunca tiveram uma aula”, contou Azanor em entrevista ao iBahia.

Ainda de acordo com o professor, a greve, que já dura 44 dias, acompanha um movimento nacional, mas também tem uma pauta própria. “Nossa principal pauta de reivindicação é a construção da estrada. O campus do Ifba em Seabra é o menor da Bahia, porque não há como crescermos”, denunciou.

Em entrevista ao site iBahia, o professor informou que o Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba) conseguiu uma verba de R$ 600 mil para fazer 7 km de estrada, mas a obra teria sido embargada pela prefeitura por conta da extensão. Extraído do iBahia.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.