Começam as obras do Complexo Eólico Capoeiras e Assuruá, no Vale do São Francisco

Postado em out 1 2014 - 12:57pm por Jornal da Chapada
wagner

A primeira etapa, que pertence a Gentio do Ouro, está prevista para ser entregue em outubro de 2015 | FOTO: Secom |

O lançamento da pedra fundamental que marca o início da construção do Complexo Eólico Capoeiras e Assuruá, e envolve os municípios de Gentio do Ouro e Xique-Xique – ambos no Vale do São Francisco – foi realizado na manhã desta quarta-feira (1º), em Xique-Xique, com a presença do governador Jaques Wagner, do secretário da Indústria, Comércio e Mineração, James Correia, e de acionistas e diretores da Companhia de Energias Eólicas (CER). A primeira etapa, que pertence a Gentio do Ouro, está prevista para ser entregue em outubro de 2015. “É uma riqueza baiana e estamos nos aproveitando dela para gerar riquezas para a nossa gente. Quanto mais energia, maior a nossa capacidade de atrair novos investimentos, como indústria e comércio. Estão chegando empregos, desenvolvimento, e por isso está melhorando a vida da nossa gente”, afirmou Jaques Wagner.

A área de oito mil hectares já foi demarcada e 120 trabalhadores, que residem em municípios da região e foram recrutados por intermédio do SineBahia, além de 71 máquinas, entre caminhões, tratores e retroescavadeiras, já estão no canteiro de obras. Até o final do ano, quando as obras atingirem o ponto alto, serão gerados cerca de 500 empregos diretos. No que se refere ao projeto de implantação das torres eólicas, 80% dele está no município de Gentio do Ouro e 20% em Xique-Xique, onde também se encontra a sede da CER. O Complexo será formado por nove parques eólicos e composto por 117 aerogeradores e potência instalada de 234 megawatts. A energia produzida pelos parques será de 1,1 gigawatts-hora, por ano, suficientes para atender o consumo elétrico de uma cidade com cerca de 750 mil habitantes.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.