Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

ACM Neto adotou o critério político ao escolher Paulo Souto, comenta vereadora do PCdoB

aladilce
A vereadora Aladilce Souza (PCdoB) | FOTO: Divulgação/Ascom |

A escolha de Paulo Souto, ex-candidato a governador da Bahia, para gerir a pasta municipal da Fazenda preocupa a vereadora Aladilce Souza (PCdoB). “Quando assumiu a Prefeitura de Salvador, ACM Neto disse que o escolheria o secretariado pelo critério técnico. A nomeação de Paulo Souto para a secretaria deixa muito claro que o prefeito adotou o critério político de escolha para uma área que requer grande qualificação e experiência técnica. Sou membro da Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara e fiscalizarei de perto a gestão de Paulo Souto. Espero que seja aberta à escuta da Câmara e da sociedade”, explica.

Para a legisladora, Salvador, que já enfrentava grandes dificuldades por conta da baixa arrecadação, foi muito prejudicada com a gestão autoritária do último secretário. “A mudança na legislação tributária levou à diminuição de arrecadação, judicialização, frustração de receita e prejuízo a várias parcelas da população. O secretário trouxe para Salvador fórmulas elaboradas na realidade do sul do país que se revelaram inadequadas para a realidade de Salvador”, coloca a comunista.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios