CidadesCulturaCuriosidadesMenu Principal

Brasil: Menino que sonha ser lixeiro ganha festa de 5 anos com o tema

menino
Gabriel usou a fantasia de coletor de lixo e se divertiu ao lado dos seus super-heróis | FOTO: Reprodução/Juliana Scarini/G1 |

A admiração pelo trabalho dos coletores de lixo surpreendeu a família do pequeno Gabriel Branco de Barros, de apenas 5 anos, com o pedido de uma festa de aniversário com o tema. Os famosos super-heróis e desenhos animados saíram de cena e deram espaço ao universo dos lixeiros. A comemoração aconteceu nesta sexta-feira (5) em Nova Friburgo, Região Serrana do Rio, numa casa de festas da cidade. “Eu gosto muitos dos lixeiros e quando crescer quero ser igual a eles. Fiquei feliz que eles vieram”, disse o aniversariante não escondendo a alegria de tê-los vestidos a caráter na festa de aniversário. A admiração foi incentivada pelos pais da criança que apostaram na ideia e há cerca de quatro meses começaram a organizar os detalhes da comemoração.

Para a surpresa dos convidados, a festa contou com a presença de dois coletores de lixo, uniformizados, da Empresa Brasileira de Meio Ambiente (EBMA), responsável pela coleta de lixo no município. A dupla se tornou a atração das crianças e não escondeu a alegria de ter seu trabalho reconhecido e admirado. “Eu fiquei muito surpreso com o convite e achei totalmente sem preconceito”, disse José Carlos Moura Mello, de 27 anos, que trabalha há dois meses nos caminhões coletores. De acordo com Thaís Branco, mãe de Gabriel, o filho chegou a se emocionar quando viu um lixeiro na rua e pediu para falar com o coletor.

foitos
Coleguinhas participaram da festa que homenageou a profissão de gari | FOTO: Reprodução/Juliana Scarini/G1 |

“Eu achei muito bonitinho porque ele ficou encantado só de falar com o rapaz. É uma admiração muito grande que ele tem, tanto que pediu a festinha e nós incentivamos”, disse. Ainda segundo Thaís, organizar uma festa com o tema não foi tarefa fácil, já que não existe decoração ou ideias sobre coleta de lixo. “Eu tive que organizar tudo, fui até a EBMA, busquei ideia, copiei o uniforme. As lembrancinhas são todas recicladas, feitas com caixas de leite e de sapato. Enfeitei os docinhos com plaquinhas que remetem à reciclagem”,contou a mãe. Do Portal G1.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas