Salvador: Anistia aponta ‘indícios de execuções sumárias’ em ação com 12 mortos

Postado em fev 7 2015 - 10:19am por Jornal da Chapada
foto1

Um dos bandidos foi entregue à polícia após receber atendimento em hospital em Salvador | FOTO: Reprodução/TV Bahia |

A Anistia Internacional afirmou, em nota pública divulgada nesta sexta-feira (6), que “relatos iniciais contestam a versão oficial da polícia militar e apontam indícios de execuções sumárias” na ação que resultou na morte de 12 pessoas suspeitas de assalto, na madrugada desta sexta, na Estrada das Barreiras, no bairro do Cabula, em Salvador. A ação também deixou cinco feridos, entre eles um policial. Segundo a nota, há relatos que contestam a versão da polícia de que o grupo de homens estaria a caminho de um assalto a banco quando foram abordados pelos agentes. A Anistia afirmou que “espera que o governo baiano realize uma investigação minuciosa, independente e célere da operação policial da Rondesp (Rondas Especiais)”.

Leia também:
Tiroteio entre a polícia e bandidos deixa 12 mortos em Salvador

foto2

A operação que matou 12 bandidos aconteceu no Cabula, na Estrada das Barreiras | FOTO: Reprodução/TV Bahia |

Ainda de acordo com a nota, ao longo dos últimos meses, a Anistia tem recebido denúncias sobre a “abordagem abusiva” da Rondesp, com relatos de uso excessivo da força, desaparecimentos forçados e execuções sumárias. Um dos casos citados é de Davi Fiuza, adolescente de 16 anos, que desapareceu no dia 24 de outubro de 2014, no bairro de São Cristóvão, na capital baiana. Ele sumiu depois de supostamente ter sido abordado por policiais militares da Rondesp e do PETO (Pelotão de Emprego Tático Operacional). Por fim, a Anistia Internacional pede que as autoridades “tomem as medidas necessárias para garantir a segurança imediata dos moradores e proteger testemunhas e os sobreviventes”.

Leia mais sobre o assunto no Portal G1…

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

1 Comentário Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.