CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

Parlamentares novatos comandam comissões na Assembleia Legislativa da Bahia

alba
Os novatos se destacaram por conseguirem emplacar seus nomes em comissões de visibilidade | FOTO: Reprodução |

Após definirem os espaços partidários, os indicados pelas agremiações e bancadas começaram a assumir os trabalhos das comissões temáticas da Assembleia Legislativa da Bahia. Colegiados importantes ficarão na mão dos petistas, como a Comissão de Constituição de Justiça que continuará sob tutela do deputado Joseildo Ramos (PT). Contudo, os novatos se destacaram por conseguirem emplacar seus nomes em comissões de visibilidade, como é o caso de Alex Lima (PTN). Ele assumiu o comando da Comissão de Orçamento, responsável pela fiscalização da administração pública do Estado, uma das mais importantes da Assembleia. Em seu primeiro mandato na Casa Legislativa, Alex adiantou que vai cumprir o papel de fiscalizador do Governo. “À frente desse importante colegiado vou cumprir uma das principais obrigações de um parlamentar: fiscalizar o orçamento público desde autorização de empréstimos, suplementação, dentre tantos outros”, frisou o parlamentar.

O deputado Eduardo Sales (PP) vai assumir o colegiado de Educação. Vítor Bonfim (PDT) e Fabíola Mansur (PSB) ficarão com a de Agricultura e a dos Direitos da Mulher, respectivamente. O novato Hildécio Meirelles (PMDB) com a de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo. No nicho da oposição ainda segue Jose de Arimateia (PRB) que, apesar de ter perdido a Saúde, na qual ficou como vice-presidente, presidirá nos próximos dois anos a Comissão de Defesa do Consumidor.

O deputado Alex da Piatã (PMDB) propôs a instalação de uma Comissão Especial do Desenvolvimento Regional. “Aqui na Bahia vamos fortalecer os desenvolvimentos regionais em todas as áreas: como industrialização, saúde, hospitais e na educação, além de outros”, afirmou. O político conseguiu 25 assinaturas das 21 necessárias e o requerimento para instalação foi publicado no Diário Oficial de ontem. A composição ainda será debatida entre as lideranças dos blocos. Além dele, Zó (PCdoB) protocolou a criação da Comissão Especial de Assuntos Territoriais e Emancipação e Bobô (PCdoB) a Comissão de Desporto, Paradesporto e Lazer.

Nos mais antigos da Casa, o deputado estadual Marcelino Galo (PT) foi eleito presidente da Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembleia Legislativa da Bahia. O petista terá como vice-presidente do colegiado o deputado Soldado Prisco (PSDB), três membros titulares e três suplentes. No pronunciamento de abertura dos trabalhos, o parlamentar petista criticou a morte de jovens durante operações da Rondas Especiais da Polícia Militar (Rondesp) semana passada em Salvador. Galo defendeu que o caso seja esclarecido a fim de evitar que jovens negros e da periferia continuem a ter o mesmo destino dos mortos nos bairros do Cabula e Cosme de Farias.

A comissão de Saúde, também instalada ontem, conduziu Alan Sanches (PSD) ao cargo de presidente do colegiado. O novato Marcell Moraes (PV) emplacou seu nome na chefia na Comissão de Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos. É a primeira vez, de acordo com o verde, que um ambientalista assume a função. Conhecido pela combatividade em prol dos interesses dos animais, o ambientalista e protetor de animais destacou que pretende acompanhar e fiscalizar as questões mais relevantes na área de meio ambiente, além de aprofundar os debates sobre o impacto de algumas iniciativas e ações do Estado.

CONSELHO DE ÉTICA
Os líderes Sandro Régis (DEM) e Zé Neto (PT) indicaram para o presidente Marcelo Nilo (PDT) os pares que comporão o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Assembleia. Ficaram encarregados: Reinaldo Braga (PR), Nelson Leal (PSL), Zé Raimundo (PT), Bobô (PCdoB), Alan Sanches (PSD), Pablo Barrozo (DEM), Adolfo Viana (PSDB) e Pedro Tavares (PMDB). Os suplentes são Fátima Nunes (PT), Fabíola Mansur (PSB), Vitor Bonfim (PDT), Bira Corôa (PT), Luiz Augusto (PP), Sandro Régis (DEM), Augusto Castro (PSDB) e Luciano Simões Filho (PMDB). A publicação foi feita no Diário Oficial de ontem. Matéria extraída da Tribuna da Bahia.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas