Governo apresenta Campanha de enfrentamento à violência contra a mulher para o carnaval

Postado em fev 12 2015 - 8:26am por Jornal da Chapada
violencia

Evento aconteceu no Foyer do Teatro Castro Alves, na quarta e contagiou quem estava presente | FOTO: Reprodução/Elói Corrêa/GovBa |

Nesta quarta-feira (11), no Foyer do Teatro Castro Alves, aconteceu a apresentação da Campanha de enfrentamento à violência contra a mulher para o Carnaval 2015, comandada pela Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM-BA) do Governo da Bahia. A Secretária Olívia Santana recebeu no lançamento diversas autoridades e artistas, dentre eles: Vera Lúcia Barbosa, Secretária de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), Nelson Pelegrino, Secretário do Turismo, Álvaro Gomes, Secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Liliane Mascarenhas, representando o Secretário da Saúde, o Coronel Admar Fontes, representando o Comandante Geral da Polícia Militar, o Coronel Anselmo Brandão, e as Deputadas Estaduais, Fabíola Mansur e Luiza Maia. Um time de artistas também fortaleceu a campanha. Personalidades como Mariene de Castro, Margareth Menezes, Márcia Castro, Sylvia Patrícia, Viviane Tripodi, Marta Lan, Vivian Caroline da Banda Didá, a Deusa do Ébano 2015, Alexandra Amorim, a Rainha do Carnaval 2015, Monalisa Reis marcaram presença.

A Secretária Olívia apresentou a campanha e as ações que serão realizadas durante a festa momesca, que tem início nesta quinta (12). Com o tema “Vá na moral ou vai se dar mal”, a ideia é a conscientização de que a violência contra a mulher é crime, e que enfrentar este problema social na maior festa de rua do planeta é um dever de toda a sociedade. Para que o público pudesse compreender a necessidade de voltar os olhos para este problema social, a Secretária apresentou dados do Carnaval da Bahia de 2014, em que foram registradas 623 ocorrências de violação dos direitos da mulher, sendo que 463 casos foram de violência física, verbal, moral, psicológica e sexual. A violência física liderou o ranking com 81% das ocorrências.

Diante desses números, a Secretária de Políticas paras as Mulheres, enfatizou que a principal função da campanha é educar a sociedade, para que os homens respeitem as mulheres e suas escolhas neste Carnaval, e para que as mulheres conheçam os seus direitos. Para encerrar o lançamento da campanha, a gestora da SPM-BA deu início a um coro, finalizado em conjunto com o público: “Vá na moral ou vai se dar mal”, e um time de artistas mulheres trouxeram emoção ao encerramento, cantando um dos clássicos da música baiana ‘É D’oxum”.

A Campanha
Desde que deu seus primeiros passos, a Campanha “Vá na moral ou vai se dar mal – Violência contra a mulher é crime” tem mostrado que já é bem sucedida. Mais de 40 artistas do cenário baiano abraçaram a ideia e gravaram depoimentos apoiando a causa. Dentre as ações previstas para este Carnaval, está a abertura da campanha no Bloco Os Mascarados, na quinta-feira (12), em que a cantora Mariene de Castro lembrará aos mais de 10 mil foliões que a acompanharão, a importância do enfrentamento à violência contra a mulher. Outros artistas manifestarão apoio durante a folia, nos demais dias da festa. Para acompanhar todas as ações da Campanha durante a festa baiana, basta acessar o site da SPM-BA (www.mulheres.ba.gov.br) ou o site oficial do Carnaval 2015 na Bahia (www.carnaval.bahia.com.br), em que você pode encontrar todos os projetos do Governo do Estado para a folia.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.