Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEsportesMenu Principal

Setre defende diálogo para manter shows na Arena Fonte Nova

setre
Representantes da Arena Fonte Nova com o secretário Álvaro Gomes | FOTO: Guilherme Silva |

A consolidação da Arena Fonte Nova como equipamento multiuso preparado para receber jogos de futebol, shows e espetáculos variados foi discutida pelo presidente da Fonte Nova Participações (FNP), Marcos Lessa, com o secretário do Trabalho, Emprego Renda e Esporte, Álvaro Gomes. Em recente medida liminar, a Justiça da Bahia determinou o impedimento do estádio para realização de eventos não-esportivos sem isolamento acústico, a fim de respeitar os limites de ruídos previstos em lei. A decisão pode prejudicar a sustentabilidade financeira da Arena caso o espaço se torne apenas local para jogos de futebol. O equipamento, dos mais modernos do país, ficaria totalmente subutilizado. “Queremos trazer grandes eventos para a Fonte Nova e, com este impedimento, a concretização das propostas não aconteceria”, afirmou Lessa, durante a reunião realizada na quarta-feira (11), na sede da Setre.

Álvaro Gomes acredita no diálogo para resolver o problema junto ao Ministério Público. Ele enfatizou que o estádio foi concebido como Arena justamente para oferecer mais uma opção de lazer à população. “Lei é para ser cumprida, mas através do diálogo podemos resolver o problema e chegar a um consenso”. O secretário ressaltou ainda a importância de a Fonte Nova ser palco de grandes atrações internacionais também no esporte, destacando a relevância dos eventos não-esportivos como forma de estimular a microeconomia do entorno do equipamento, promovendo a geração de emprego e renda à comunidade local.

O presidente da FNP fez um relato do funcionamento da Arena Fonte Nova, desde a inauguração, e destacou as dificuldades do ano passado, em razão da fraca campanha do Bahia no Campeonato Brasileiro. “O time é o nosso principal parceiro, mas o desempenho da equipe nos prejudicou. Felizmente, fizemos alguns bons eventos como os shows de Elton John e Roberto Carlos, que atraíram mais de 40 mil pessoas, e o de David Ghetta, com mais de 20 mil pessoas”.

Prêmios
Mas tudo não foi prejuízo para a FNP, que festejou a conquista de dois prêmios pela Fonte Nova. O primeiro, por ser a melhor Arena para os torcedores que assistiram aos jogos da Copa do Mundo no Brasil, e o outro pelo Grammy conquistado pela cantora Ivete Sangalo com a gravação do DVD. Marcos Lessa reforçou a decisão da FNP de consolidar a Arena Fonte Nova como espaço de entretenimento e lazer dos baianos. Ele disse que, mesmo o Bahia estando na Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro, espera ver a torcida tricolor lotar o estádio em 2015.

Preocupada em atender aos moradores do entorno da Arena, a FNP realizou um estudo e detectou que o volume do som nos shows não é a grande preocupação da comunidade. A pesquisa mostrou que existe uma carência de atividades esportivas, como aulas de natação e de futsal promovidas pela Escolinha de Esporte da Superintendência dos Desportos do Estado (Sudesb).

“Temos um projeto para lançar, em parceria com a Sudesb, para oferecer atividades esportivas e de lazer, nos finais de semana e feriados, aos moradores da região, disse Lessa. Da reunião realizada na Setre também participaram o chefe de gabinete, Jorge Wilton, a diretora-geral, Nair Prazeres, e o diretor-geral da Sudesb, Elias Dourado.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios