CidadesCuriosidadesMenu Principal

Crimes contra a vida em Feira de Santana diminuem 16% em 2015

violência
Os crimes de latrocínio, homicídio e lesão corporal seguida de morte tiveram 32 registros em janeiro do ano passado, 30 em fevereiro e 22 em março | FOTO: Meramente Ilustrativa/Secom/GOVBA |

De janeiro a 20 de março deste ano, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) registrou diminuição de 16,67% nos crimes contra a vida em Feira de Santana, na comparação com igual período de 2014. O número de vítimas de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) caiu de 84 no ano passado para 70 em 2015. Os dados foram apurados pela SSP por meio do programa estadual Pacto pela Vida, que desde 2011 desenvolve ações em Salvador, região metropolitana e cidades do interior.

Para o coronel Adelmário Xavier, comandante de Policiamento Regional Leste, os números mostram que a prática de integração entre as polícias Militar, Civil e Técnica vem dando certo. Aliado a isso, segundo ele, o apoio incondicional aos comandos regionais e a valorização do policial, através do trabalho para elevar a autoestima da corporação, têm sido fundamentais para o resultado positivo no combate à violência no município.

Os crimes de latrocínio, homicídio e lesão corporal seguida de morte tiveram 32 registros em janeiro do ano passado, 30 em fevereiro e 22 em março. Já em 2015, ocorreram 30 casos em janeiro, 22 em fevereiro e 18 até o dia 20 de março. Os dados são coletados pelo Núcleo de Gestão do programa Pacto pela Vida e avaliados a cada 15 dias. “A expectativa é que o índice de violência caia muito mais”, afirmou o coronel.

“Hoje temos uma polícia muito mais engajada. Em Feira, o policial tem compromisso com a sociedade e se aproxima, cada vez mais, da população. A Polícia Militar vai intensificar dia a dia as ações que permitam a valorização desse profissional e garanta mais segurança e qualidade de vida para o cidadão”, acrescentou Xavier.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios