Servidores da Embasa param atividades por 24h, diz sindicato

Postado em mar 30 2015 - 10:41am por Jornal da Chapada
embasa

Parada ocorre nesta segunda (30), após assembleia realizada na quarta. Embasa informou que a diretoria da empresa está surpresa com paralisação | FOTO: Reprodução/Notícia Livre |

Os servidores da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) pararam as atividades por 24h nesta segunda-feira (30). Segundo o Sindicato dos Trabalhadores de Água e Esgoto do estado (Sindae), 70% do efetivo em 364 municípios está parado. De acordo com Edmilson Barbosa, diretor de comunicação do Sindae, esta é uma paralisação de advertência, acordada após assembleia realizada na última quarta-feira (25) sobre a transição do plano de saúde. “O grande problema é que os trabalhadores estão com dificuldades de redes credenciadas com o atual plano de saúde. A maior reclamação tem sido das pessoas do interior”, explica o sindicalista. Além da pauta do plano de saúde, a categoria reivindica por melhores condições no ambiente de trabalho.

“A Embasa tem um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público do Trabalho (MPT-BA) e esse TAC prevê o acordo de segurança no ambiente de trabalho como iluminação, climatização, mobiliário e condições de segurança no transporte das equipes de campo”, acrescenta Barbosa em entrevista ao Portal G1. Conforme o sindicato, 30% da categoria está disponível para serviços de emergência. Os usuários também contam com atendimento por telefone, por meio do 0800 0555 195, que está disponível em todo o estado, bem como lojas de shopping e nos grandes centros.

Por meio de nota, a Embasa infomou que a diretoria da empresa está surpresa com a decisão do sindicato de paralisação, pois em reunião com os dirigentes do sindicato e representantes da operadora do plano de saúde, ocorrida na última quarta-feira, a maioria das pendências e reivindicações sobre o atendimento da rede credenciada teria sido resolvida. As informações são do Portal G1.

Confira abaixo a nota na íntegra:
A diretoria da Embasa está surpresa com a decisão do Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente (Sindae) de paralisação de advertência por 24 horas na próxima segunda-feira (30), pois, na última quarta-feira (25), em reunião com os dirigentes do sindicato e os representantes da operadora do plano de saúde dos empregados da Embasa, a maioria das pendências e reivindicações sobre o atendimento da rede credenciada foi resolvida e se chegou a um consenso sobre a questão. O contrato com a Promédica foi assinado no dia 7 deste mês e, desde a sua vigência, a postura da Embasa e da operadora foi de comprometimento no sentido de realizar os ajustes necessários e possíveis para melhor atender os empregados.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.