Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolícia

Operação Dois de Julho reforça segurança com 1,6 mil policiais militares

foto1
Participam da operação parte do efetivo de sete companhias independentes de Polícia Militar e do 18º Batalhão | FOTO: Raul Golinelli/GovBA |

A Polícia Militar vai empregar 1.625 policiais militares nas comemorações da Independência da Bahia. A Operação Dois de Julho, que teve início com a transferência do Governo do Estado para Cachoeira, no dia 25 de junho, segue até o próximo domingo (5), com a volta do caboclo do Campo Grande para a Lapinha. Na manhã desta terça-feira (30), o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) iniciou a operação de escolta e acompanhamento do fogo simbólico, que consiste no controle de trânsito nas rodovias estaduais.

O policiamento também foi intensificado nas vias de acesso das cidades contempladas pela passagem da pira, como Cachoeira, Saubara, Santo Amaro, São Francisco do Conde, Candeias, Simões Filho e Salvador. A chegada do fogo simbólico ao bairro de Pirajá, na capital baiana, está prevista para as 15h30 desta quarta (1º).

Já no feriado de quinta (2), o policiamento será montado durante a madrugada, com a realização de varreduras das vias e o policiamento da Lapinha, de onde sai o cortejo. O efetivo estará distribuído por todo o trajeto e adjacências, inclusive nos pontos e terminais de ônibus, em barreiras de trânsito, patrulhas e duplas.

Participam da operação parte do efetivo de sete companhias independentes de Polícia Militar e do 18º Batalhão, com apoio de unidades especializadas como Batalhão de Polícia de Choque, Esquadrão de Motociclistas Águia, Esquadrão de Polícia Montada e do Batalhão Especializado em Policiamento Turístico, além das Operações Gêmeos e Apolo.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios