Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolícia

Chapada: Estudante invade escola com facão, ameaça colegas e fere porteiro em Jussiape

foto
De acordo com informações, o porteiro não corre risco de morte e o estudante está sob a custódia da polícia | FOTO: Reprodução/Jussi Up Press |

Um estudante identificado como Emerson Carvalho, de 15 anos, invadiu o Colégio Estadual Horácio de Matos, no município de Jussiape, na Chapada Diamantina, e feriu a golpes de facão o porteiro da unidade de ensino. De acordo com o site Jussi Up Press, o ataque ocorreu na tarde desta quarta-feira (22), por volta das 14h20. O adolescente pulou o muro da escola e proferiu, ao menos, três golpes de facão entre a cabeça e o pescoço do porteiro. “Mesmo ferido, o porteiro resistiu e seguiu tentando impedir que o jovem fizesse outras vítimas”, narra texto publicado site. De acordo com informações, o porteiro não corre risco de morte e o estudante está sob a custódia da polícia.

Durante o momento de tensão vivido por professores, alunos e funcionários da escola, o adolescente andou pelo local usando uma máscara e segurando o facão. Ele chegou a procurar por alvos dentro de outras salas. Segundo testemunhas, ao ser questionado por um funcionário da instituição sobre quem ele seria, o jovem teria dito que ele era “a própria morte”. Alguns estudantes ficaram trancados em uma sala com um professor durante o ataque e outros docentes chegaram a pular o muro da unidade. “Um policial chegou a sacar arma no momento da captura do estudante que havia jogado o facão por uma janela da diretoria. Os alunos apenas foram liberados após a captura do jovem”, aponta texto do Jussi UP Press.

Os motivos reais do ataque não foram divulgados pelas autoridades. No entanto, colegas do estudante informaram ao site que ele estava revoltado por ter sido suspenso após ser indicado como um dos suspeitos de ter soltado bombas de fogos na área externa de onde estuda. Ainda conforme informações, o jovem sofre de transtornos mentais. Além disso, amigos do jovem afirmaram que ele possuía, em seu celular, vídeos com conteúdos de extrema violência e de atentados terroristas. No Facebook, imagens de caveiras ilustram a capa do perfil do jovem na rede social. As informações são do site Jussi Up Press.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios