Cultura destina R$ 26,5 milhões para mais de 300 projetos

Postado em jul 27 2015 - 3:00pm por Jornal da Chapada
foto

Ministro anunciou o lançamento de R$ 26,5 milhões em editais para o fomento de 354 iniciativas culturais | FOTO: Janine Moraes |

O Ministério da Cultura e a Funarte lançaram, na última sexta-feira (24), editais nas áreas de artes visuais, circo, dança, música e teatro, que irão contemplar 354 projetos. O valor total dos editais é de R$ 26,5 milhões. O objetivo dos prêmios é possibilitar a produção artística destinada ao acervo de museus públicos e privados e a realização de oficinas, seminários e residências para as galerias e espaços da Funarte em Brasília (DF), São Paulo (SP) e Belo Horizonte (MG); e de espaços parceiros da Funarte em Belém (PA) e no Recife (PE). Os demais editais serão publicados na semana que vem. Entre eles estão três das principais premiações da instituição e que este ano completam uma década. São eles: prêmios Funarte Carequinha de Estímulo ao Circo, de Teatro Myriam Muniz e de Dança Klauss Vianna.

Divididos entre 235 projetos, o objetivo dos prêmios das artes cênicas é possibilitar o desenvolvimento de atividades artísticas, incentivando a criação e a circulação de espetáculos, contribuir para a manutenção de coletivos, grupos e companhias e para a renovação ou manutenção da infraestrutura dos circos brasileiros e promover a formação e fomentar a pesquisa. Os prêmios da área das artes cênicas tem um total de R$ 15 milhões, divididos em: R$ 4,5 milhões para o Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz; R$ 4,5 milhões para o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna; e R$ 6 milhões para o Prêmio Funarte Carequinha de Estímulo ao Circo. O valor diferenciado para o circo visa corrigir a descontinuidade do Prêmio no ano passado e parte dele será destinado a uma novidade, que é o fomento à formação.

Para a música, foram lançados dois editais: Prêmio Funarte de Apoio a Orquestras e Prêmio Funarte de Programação Continuada para a Música Popular. Neste ano, o primeiro será voltado a orquestras infanto-juvenis, contemplando orquestras de música clássica para bairros e comunidades populares, no valor de R$ 780 mil. E o Prêmio Funarte de Programação Continuada para a Música Popular, que tem foco na produção da música autoral independente e contemporânea, dividido em dois módulos: Palcos Permanentes e Festivais e Mostras, no valor total de R$ 5.925,00.

De acordo com o ministro Juca Ferreira, a cultura tem que estar no centro de um projeto de Brasil contemporâneo e lembrou os esforços dos últimos anos feitos pelo Ministério da Cultura para fortalecer os processos culturais do País, especialmente na área sociocultural. “Atualmente, o MinC promove a construção de uma política contemporânea para as artes, com a participação da sociedade de todo o país, por meio das Caravanas das Artes, seminários temáticos, encontros setoriais e contribuições on-line na plataforma digital da Política Nacional das Artes.” As informações são do Portal Brasil, com dados do Ministério da Cultura.

Inscrições
Os editais têm datas diferentes de inscrição.
Prêmio Funarte Carequinha de Estímulo ao Circo/2015
Objetivo: contribuir para a renovação ou manutenção da infraestrutura dos circos brasileiros; incentivar a montagem, renovação e circulação de números e espetáculos; promover a formação; e fomentar a pesquisa.

Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz/2015
Objetivo: fomentar o desenvolvimento de atividades teatrais, incentivando a criação e a circulação de espetáculos; além de contribuir para a manutenção de coletivos, grupos e companhias.

CEAV – de 27 de julho a 9 de setembro (via Correios)

Prêmio de Artes Plásticas Marcantonio Vilaça – 8ª edição
Objetivo: incentivar produções artísticas destinadas ao acervo das instituições museológicas públicas e privadas sem fins lucrativos, fomentando a difusão e a criação das artes visuais e fortalecendo a memória cultural brasileira.

XV Prêmio Funarte Marc Ferrez de Fotografia
Objetivo: selecionar projetos no campo da fotografia que visem estimular a reflexão e experiência artística, além do compromisso com a formação de público, com a inclusão social e a sustentabilidade.

Programa Rede Nacional de Artes Visuais – 12ª edição
Objetivo: selecionar projetos que promovam o intercâmbio entre os estados federativos brasileiros, por meio de oficinas, seminários e residências, ligados às artes visuais.

Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2015
Objetivo: selecionar projetos de exposição, na área de artes visuais, a serem realizados nas cidades de Brasília, São Paulo e Belo Horizonte (galerias e espaços da Funarte) e Belém e Recife (espaços parceiros da Funarte), a fim de estimular a multiplicidade e a diversidade de linguagens e tendências da arte contemporânea brasileira.

Cemus – de 28 de julho a 10 de setembro (via Correios)

Prêmio Funarte de Apoio a Orquestras
Objetivo: apoiar necessidades específicas dos conjuntos orquestrais para assegurar a seus instrumentistas a realização de apresentações públicas com instrumentos musicais nas melhores condições possíveis, propiciando a melhoria da qualidade técnica e artística das orquestras; e visando a sua sustentabilidade.

Prêmio Funarte de Programação Continuada para a Música Popular
Objetivo: apoiar palcos musicais (casas de shows, teatros, arenas, galpões, lonas etc.), festivais e mostras de música que venham contribuindo para a difusão da música brasileira contemporânea.

Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna/2015
Objetivo: fomentar o desenvolvimento de atividades de dança, através da circulação nacional de espetáculos, atividades artísticas de profissionais com trabalho consolidado e de novos talentos.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.