Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolícia

Agressão a adolescente no Quilombo Rio dos Macacos é inadmissível, diz Valmir

foto
A secretária da Sepromi Vera Lúcia Barbosa e o deputado Valmir Assunção | FOTO: Kleidir Costa |

Um adolescente de 17 anos foi agredido por três oficiais da Marinha no Quilombo Rio dos Macacos, na Base Naval de Aratu, em Salvador. A denúncia foi feita pela família do rapaz e chegou até Brasília nesta quarta-feira (5), com a intervenção do deputado federal Valmir Assunção (PT-BA). De acordo com o parlamentar, a secretária de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) Vera Lúcia Barbosa está acompanhando o caso e ajudando a vítima a ter a cópia do depoimento que prestou à polícia. “Ela pediu ao IML [Instituto Médico Legal] para que o laudo sobre o caso seja concluído o quanto antes”, disse o deputado. Segundo Valmir, a Sepromi também está em contato com o ministro da Defesa, Jaques Wagner, para debater o assunto.

“O Estado Brasileiro precisa encontrar urgentemente uma fórmula que contemple os interesses estratégicos da Marinha, mas que, sobretudo, respeite o direito secular das comunidades quilombolas instaladas na região do Rio dos Macacos. Tenho certeza que o ministro Wagner trabalhará muito para resolver a situação e, no caso da agressão, tem que apurar e punir com rigor os envolvidos. É inadmissível que isso aconteça, os conflitos na região sempre envolvem agressões a moradores da comunidade e precisam de atenção maior para apontar soluções ”, declara o deputado petista.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios