Pular para a barra de ferramentas
AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

Embrapa realiza Dia de Campo sobre produção orgânica na Chapada Diamantina

abacaxi
Os sistemas relacionados às culturas do abacaxi e do maracujá são os mais avançados e deverão ser entregues já no próximo ano | FOTO: Reprodução |

Neste sábado (15), a Embrapa Mandioca e Fruticultura (Cruz das Almas), Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, vai realizar, em parceria com a Bioenergia Orgânicos, um dia de campo sobre sistema orgânico de produção de frutas tropicais para a Chapada Diamantina, na Fazenda Ceral, no município de Lençóis. A programação é voltada aos produtores rurais e técnicos, que serão recebidos a partir de 8h. Para iniciar o evento, os sócios da Bioenergia Orgânicos Evanilson Montenegro e Osvaldo Araújo vão falar sobre a empresa e o sistema de integração e certificação para a produção orgânica de frutas.

Em seguida os pesquisadores da Unidade Nelson Fonseca e Aristoteles Matos levarão para o público informações sobre a produção de mudas frutíferas. Na parte prática, haverá três estações simultâneas, que vão abordar sobre o sistema orgânico de produção de cultivo diferentes fruteiras. O Cultivo do Abacaxizeiro estará sob o comando dos pesquisadores Zilton Cordeiro e Túlio Pádua. Os pesquisadores Raul Castro e Onildo Nunes estarão no Cultivo do Maracujazeiro. Já o Cultivo da Mangueira ficará a cargo do pesquisador Nelson Fonseca. Também participam das atividades os analistas Augusto Moura e Ildos Parizotto, do Setor de Gestão de Transferência de Tecnologia (STT) da Unidade. O encerramento está previsto para as 12h30.

Parceria
Com objetivo de levar ao produtor alternativa de plantio orgânico, que fornece práticas agrícolas e frutos mais saudáveis, a Embrapa Mandioca e Fruticultura firmou parceria desde 2011 com a Bioenergia Orgânicos. Juntas, têm gerado tecnologias necessárias à produção de frutas em sistemas orgânicos. Foram elaborados protocolos de construção de sistemas orgânicos de produção de frutas distintas. Os resultados serão aplicados na produção própria da Fazenda Ceral em 1,4 mil hectares. A Bioenergia também vai comprar a produção de outros 1,4 mil hectares de pequenos agricultores familiares, para os quais a empresa se compromete a dar suporte tecnológico.

O projeto visa produzir fruteiras em sistemas orgânicos em larga escala e esse é o grande desafio, já que essa forma de produção é realizada em áreas menores. Os sistemas relacionados às culturas do abacaxi e do maracujá são os mais avançados e deverão ser entregues já no próximo ano. Os resultados do primeiro ciclo de produção apresentam níveis de produtividade superiores ao convencional.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios