Itaberaba: Processos contra prefeito João Filho devem travar até ele terminar mandato

Postado em ago 17 2015 - 8:03pm por Jornal da Chapada
foto

O gestor de Itaberaba, o progressista João Almeida Mascarenhas Filho | FOTO: Reprodução/Rede Globo |

Parece que nem um processo contra o atual prefeito do município de Itaberaba, na Chapada Diamantina, terá desfecho, pelo menos enquanto ele estiver no cumprimento do mandato. A ação penal nº 031393335.2012.8.05.0000 ,onde o prefeito João Almeida Mascarenhas Filho (PP) figura como réu por crimes contra a flora e que tramita na Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) está longe de seu desfecho.

No dia 14 de agosto, o relator do processo, o desembargador José Alfredo Cerqueira da Silva, expediu Cartas Precatórias para a Comarca de Origem do Processo, no caso Itaberaba, para a inquirição das testemunhas João Felipe de Souza Leão (vice-governador do Estado), Carlos Felipe Vazquez de Souza Leão (deputado federal Cacá Leão), Magno Santos (ex-assessor de imprensa no início do mandato de João Filho), Fabrício Bernardes Martinez (atual coordenador de Meio Ambiente de Itaberaba) e João Deusdete Martin, todos arrolados pela defesa de João Filho.

Acontece que as Cartas foram devolvidas sem que fossem realizadas as devidas intimações sob a alegação de que não havia sido as mencionadas testemunhas localizadas nos endereços que foram fornecidos pelo acusado quando do oferecimento de sua resposta de mérito. Em face dessa circunstância, o relator desembargador José Alfredo Cerqueira da Silva, determinou a intimação da defesa de João Filho para, no prazo de cinco dias, para ela se manifestar. Vale ressaltar que essa ação é mais uma denúncia feita à Justiça contra o prefeito de Itaberaba pelo Ministério Público Estadual.

Jornal da Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.