Chapada: Vereadores de Nova Redenção denunciam prefeita por desviar R$ 409 mil do Fundeb

Postado em ago 24 2015 - 10:59pm por Jornal da Chapada
foto33

Vereadores de Nova Redenção em visita à redação do Jornal da Chapada apontam irregularidades na gestão de Ana Guadalupe | FOTO: Jornal da Chapada |

Os vereadores do município de Nova Redenção, na Chapada Diamantina, Ariston Teles (PT), Wherbiston dos Anjos (PP), conhecido como Tom da Topic, e a professora Márcia Benevides (PT), visitaram a redação do Jornal da Chapada para denunciar a prefeita Ana Guadalupe Azevedo (PSD) de desviar verbas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Segundo os legisladores, durante entrevista nesta segunda-feira (24), o desvio é de aproximadamente R$ 409 mil.

Segundo os edis, a prefeitura de Nova Redenção contratou a Cooperativa dos Profissionais de Transportes Alternativos e Especiais do Estado da Bahia (Transcops) para transportar quatro estudantes que fazem Faculdade (Unopar) na cidade de Itaberaba, pagando pela locação de um gol bola valores entre R$ 15 mil e R$ 30 mil mensal. O curioso é que os três vereadores têm em mãos uma declaração assinada pelo dono do veículo, o senhor Florisvaldo Sá Teles, dizendo que só recebia pelo serviço R$ 1,6 mil.

“A prefeita precisa explicar para onde esse dinheiro desviado está indo. Esta é apenas uma das irregularidades encontradas por nós nesse contrato com a Transcops, uma empresa que está sendo investigada por fraudes em vários municípios. A área de educação do nosso município está abandonada, e se calcularmos bem, os valores pagos só por esta locação de veículo daria para implantar uma faculdade no município”, afirma o vereador petista Ariston Teles.

A Transcops mantém contrato com a prefeitura de Nova Redenção e já foi denunciada pelo Ministério Público Federal (MPF), no dia 8 de julho de 2015, por participar de licitação fraudulenta no município de Itaberaba (veja aqui). Segundo a denúncia, a empresa e mais duas outras movimentaram R$ 1,2 milhão de reais. O montante foi gasto com recursos do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (Pnate) e do Fundeb.

foto555

Ônibus de Nova Redenção é locado a associação para transportar estudantes para Andaraí | FOTO: Divulgação |

Indignação e certeza de impunidade
Os três edis estão indignados e alegam que já formalizaram as denúncias no Ministério Público Estadual e Federal, na Controladoria Geral da União (CGU), na Polícia Federal (PF) e no Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), mas até o momento nada aconteceu.

“Ficamos tristes e indignados com os descasos das autoridades, pois a prefeita está atuando com a certeza da impunidade, agindo como fez o seu marido Luciano Azevedo quando administrou o município tempos atrás. Para vocês terem uma ideia, Luciano praticou tantas irregularidades que está com os direitos políticos cassados até hoje”, completa o vereador Tom da Topic.

Outra denúncia séria feita pelos três vereadores de Nova Redenção diz que a prefeita está locando um ônibus escolar adquirido pelo município, por meio do Programa Caminho da Escola, do governo federal, para transportar 22 estudantes para a Escola Família Agrícola de Andaraí, pagando em média R$ 10 mil para a associação. “Isso não existe, como pode a prefeita alugar o próprio ônibus? A presidente Dilma precisa saber que em nosso município a prefeita recebe o transporte escolar e ainda paga vultosas quantias pelos serviços prestados”, completa a vereador Márcia Benevides.

Jornal da Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.