AssessoriaCidadesCuriosidadesEconomiaEditorialMenu PrincipalPolítica

Chapada: Ex-prefeito de Morro do Chapéu é condenado por improbidade administrativa

foto5
O ex-gestor foi acusado de desviar recursos federais e por não prestar contas da prefeitura | FOTO: Prefeitura Municipal de Morro do Chapéu |

A Justiça Federal condenou o ex-prefeito do município de Morro do Chapéu, na Chapada Diamantina, Edigar Dourado Lima, por improbidade administrativa. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), o ex-gestor cometeu irregularidades na administração de recursos federais, e foi condenado pelo juiz federal Gilberto Pimentel da Subseção Judiciária de Irecê a pagar multa civil de duas remunerações recebidas como prefeito, corrigidas monetariamente.

Além disso, seus direitos políticos ficarão suspensos por três anos e ele será proibido de contratar com o Poder Público pelo mesmo período. O juiz Pimentel considerou que não houve dano aos cofres públicos e não condenou o ex-prefeito à devolução de valores.

Nos anos de 2003 e 2004, durante o mandato de Dourado, a prefeitura recebeu uma verba pública destinada à implementação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) e ao custeio dos programas Bolsa Criança Cidadã e Jornada Escolar Ampliada, mas o dinheiro foi desviado, dirigido a outras finalidades. A prefeitura também não realizou a prestação de contas no momento devido. Jornal da Chapada com informações Bocão News e Bahia Notícias. A matéria foi corrigida por erro de informação. O gestor falecido foi Wilson Dourado e não Edigar Dourado. Ambos eram irmãos. A matéria ficou errada até as 21h25 do dia 28 de setembro.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios