Governo garante 110 projetos culturais a partir de janeiro; programação será anunciada este mês

Postado em dez 11 2015 - 3:41pm por Jornal da Chapada
foto5

O Fundo de Cultura também segue pagando regularmente as parcelas de todos os projetos culturais em execução no estado | FOTO: Meramente Ilustrativa/Secult-BA |

“Já iniciamos o pagamento dos projetos selecionados pelo Agitação Cultural, garantindo uma intensa programação em todo o estado a partir do Verão”, disse o secretário estadual da Cultura (Secult), Jorge Portugal, ao falar sobre o Edital de Dinamização em Espaços Culturais, que está garantindo a realização de 110 projetos por meio do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA). O titular da pasta também disse que o cronograma de eventos, que vai movimentar o cenário cultural baiano entre janeiro e julho de 2016, será divulgado pela Secult este mês. Ainda em 2015, a secretaria vai concluir o pagamento em parcela única para todos os proponentes, investindo mais de R$ 10 milhões no projeto.

“Realizamos a mais ampla chamada pública estadual de investimento na produção cultural do Brasil. Com essas propostas, teremos uma programação cultural abrangente e de qualidade durante o primeiro semestre de 2016, com a diversidade que a Bahia merece. As atividades serão realizadas em equipamentos administrados pela Secretaria e também em outros que reforçam o potencial de fruição e de formação de plateia no seu território”, afirmou o secretário.

O cumprimento rigoroso do cronograma do edital assegurou o pagamento antecipado, em parcela única, das propostas selecionadas. “Queremos garantir a dinamização de espaços culturais, sem deixar parcelas a serem pagas mais à frente. Com isso, teremos uma programação cultural de qualidade já no começo do próximo ano”, afirma o superintendente de Promoção Cultural da Secult, Alexandre Simões.

O certame respeita e executa criteriosamente o cronograma previsto e divulgado desde o seu lançamento, no dia 2 de setembro de 2015, com o objetivo de assegurar os prazos previstos para pagamento das propostas em parcela única e o cumprimento do calendário de ações em toda a Bahia. Este cronograma está disponível no site da SecultBA e do Sistema de Informações e Indicadores em Cultura. O Fundo de Cultura também segue pagando regularmente as parcelas de todos os projetos culturais em execução no estado.

O investimento para o edital Agitação Cultural é dez vezes superior ao destinado ao edital Dinamização de Espaços Culturais do ano passado, fonte de inspiração para a proposta que incorporou um novo conceito de espaço cultural e novas formas de ocupação. As propostas selecionadas pelo edital serão realizadas em espaços culturais convencionais – como teatros, museus, arquivos públicos ou bibliotecas – e também em espaços que funcionam ou possuem possibilidades reais para funcionar como centros e elos de difusão, fruição, formação e produção de conteúdos artístico-culturais, com ambientes capazes de abrigar ações culturais abertas à população, como shows, espetáculos, exposições, exibições audiovisuais, realização de oficinas, dinâmicas sócio-educativas de conteúdo cultural e outras atividades afins.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.