Fogo na Chapada: Incêndio continua a consumir Parque Estadual em Miguel Calmon

Postado em dez 19 2015 - 2:19pm por Jornal da Chapada
fo5o

Os brigadistas precisam de reforços e materiais, especialmente rastelos, enxadetes e botas | FOTO: Divulgação/Luís Cláudio |

A Associação de Ação Social e Preservação das Águas, Fauna e Flora da Chapada Norte (Aspaff) informou em nota divulgada na internet nesta sexta-feira (18) que o Parque Estadual das Sete Passagens, em Miguel Calmon, continua em chamas e que cerca de 40 hectares de mata já foram destruídos pelo incêndio. Segundo a Aspaff, focos intensos ainda são vistos na comunidade Coreia (assista ao vídeo), em direção ao Piancó, e nas proximidades da Cachoeira Véu de Noiva, ambas em Itaitu (Jacobina). Os brigadistas precisam de reforços e materiais, especialmente rastelos, enxadetes e botas. Entre Jacobina e Miguel Calmon, já são quase 800 hectares devastados pelos incêndios ou sob sua influência. A meta é debelá-los o quanto antes para iniciar o combate nos municípios vizinhos, principalmente em Caém.

Vídeo do sobrevoo

O geólogo Carlos Victor Rios, que integra o Comitê de Gerenciamento de Crise, instaurado no início desta semana, afirmou que para implantar plano de ação emergencial contra os incêndios florestais na região, a maior preocupação é de o fogo se alastrar pelos vales, comprometendo a rica biodiversidade regional. “Também nos preocupa a saúde das nascentes de Itaitu, que alimentam rios e cachoeiras, pois as queimadas podem comprometer o abastecimento de água do entorno e as atividades turísticas”, alerta.

Segundo o promotor Pablo Almeida, é preciso que a população se mobilize e contribua mais, diante da dimensão do problema. “As principais dificuldades são de recursos materiais. Principalmente apoio aéreo com força total! Fiz questão de acompanhar o trabalho em campo para sentir as dificuldades e ter uma melhor percepção do que poderia ser mais útil. Se o bambi não conseguir bom resultado, irei judicializar, solicitando, pelo menos, dois helicópteros com esse equipamento efetivo, dois aviões e a chegada do material prometido pelo governo do estado. Vejo o esforço de todos e reconheço o heroísmo das instituições, mas o combate irá entrar na terceira semana”, lembra. Jornal da Chapada com informações da Assessoria de Comunicação da ASPAFF Chapada Norte.

Fogo na comunidade Coreia:

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

3 Comentários Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.