Topa 2016 deve matricular 100 mil baianos com prioridade para a zona rural

Postado em dez 21 2015 - 6:00pm por Jornal da Chapada
foto5

O objetivo do Topa é matricular 100 mil pessoas, acima de 15 anos, adultos e idosos | FOTO: Divulgação/Maral Dutra |

Em 2016, o Programa Todos pela Alfabetização (Topa) irá beneficiar 120 mil baianos que ainda não tiveram a oportunidade de participar do processo educacional. A prioridade é atender os municípios que apresentam números acima de dois mil analfabetos. Para alcançar a meta, foram iniciadas, nesta segunda-feira (21) e segue até o dia 20 de janeiro de 2016, as adesões para a 9ª etapa do programa. Podem participar prefeituras e entidades dos movimentos social e sindical de todo o estado. O objetivo é matricular 100 mil pessoas, acima de 15 anos, adultos e idosos que não puderam efetuar os estudos na idade regular. “Vamos priorizar 80% das turmas do Topa de 2016 para área rural, onde encontramos o maior índice de analfabetismo. Além disso, focaremos também na população de etnia cigana, quilombola, população moradora de rua e pessoas privadas de liberdade”, declarou a coordenadora do Topa, Francisca Elenir.

As prefeituras já parceiras ou interessadas podem entrar em contato com o setor de Sistema da Coordenação Geral do Programa Topa, através do e-mail [email protected] para posterior liberação de acesso ao Sistema Gestão Topa. Após isso, devem preencher o formulário disponível no sistema pelo site, imprimir duas vias do termo de adesão assinadas pelo prefeito e secretário municipal de Educação. O termo e a documentação exigida devem ser encaminhados via Sedex para a coordenação de Avaliação e Monitoramento do Topa (Secretaria da Educação do Estado da Bahia, Programa Topa – Todos pela Alfabetização Avenida Luiz Viana Filho, nº 550, 5ª Avenida, 4º andar, Centro Administrativo da Bahia – CAB/Salvador – BA, CEP: 41.745-004).

Já as entidades que queiram firmar a parceria na 9ª etapa do programa, devem se dirigir ao Núcleo Regional de Educação (NRE) de sua jurisdição, com a documentação exigida para a efetivação do processo e preencher o Termo de Adesão com assinatura do responsável legal da entidade. A Coordenação de Avaliação e Monitoramento entrará em contato por e-mail informando sobre a aprovação ou não da entidade ou prefeitura. Caso seja aprovada, as instituições parceiras serão autorizadas a realizar o cadastramento e definição de metas.

Balanço 2015
O ano de 2015 foi de grandes conquistas e boas notícias para o Topa. A 8ª etapa do programa beneficiou cerca de 100 mil baianos, trazendo para eles novas perspectivas de vida. Uma das beneficiadas é dona Elenice Nunes Silva, 59, da cidade Ipiaú. “Agradeço a Deus por existir o Topa. Eu já sabia alguma coisinha das letras, mas com o programa aprendi a ler e a escrever de verdade”, comemora. Dona Vilma Lima, 60 anos, de Alagoinhas, também teve, com o Topa, a oportunidade de aprender a ler e a escrever. “Foi graças ao Topa que aprendi a ler e a escrever. Sou uma vencedora”, comemora.

O programa
O Programa Todos pela Alfabetização (Topa) é desenvolvido pela Secretaria da Educação do Estado, desde 2007, em parceria com o Governo Federal, e já possibilitou que mais de 1,3 milhão de jovens acima de 15 anos, adultos e idosos, que não puderam realizar os estudos na idade regular, fossem alfabetizados. Ao assegurar a alfabetização, o Topa também promove o resgate da cidadania. Com informações da Secretaria da Educação do Estado.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.