Sobrevoo do Corpo de Bombeiros comprova fim dos incêndios na Chapada Diamantina

Postado em jan 9 2016 - 9:59pm por Jornal da Chapada
foto5

O fogo atingiu mais de 55 mil hectares de vegetação na Chapada Diamantina | FOTO: Ilustração/Mateus Pereira/GOVBA |

O fim dos incêndios florestais na Chapada Diamantina aconteceu com as chuvas que caíram na região durante esses últimos dias. Neste sábado (9), o comandante do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, Francisco Luiz Telles de Macêdo, informou, por meio de publicação em rede social, que um sobrevoo confirmou a extinção dos focos em toda a Chapada. De acordo com a publicação, o voo de monitoramento aconteceu na manhã da última sexta-feira (8) e “verificou que nenhum novo foco de chamas foi localizado”.

Esse momento de calmaria permitiu ainda que os bombeiros que atuavam na região fizessem um curso de reciclagem, ministrado por oficiais da corporação na Chapada. “A parte teórica aconteceu no aeroporto Coronel Horácio de Matos abordando o comportamento do fogo no incêndio florestal e fatores que interferem nesse procedimento, técnicas básicas de abordagem e combate à incêndio florestal”, aponta trecho do texto publicado pelo comandante-geral.

foto5o

O efetivo do 11º Grupamento de Bombeiros Militar participou de um curso de reciclagem | FOTO: Cap BM Murilo |

Leia também:
Sem chuvas ainda haveria incêndios na Chapada Diamantina, afirma ambientalista

Pontos turísticos da Chapada Diamantina ganham volume de água com chuvas; confira fotos e vídeos

Chuva contribui para combate ao fogo na Chapada Diamantina

Chuvas são registradas em cidades da Chapada Diamantina e incêndios devem perder força

De acordo com informações, o treinamento foi uma ação de reciclagem dos militares que estão na Operação Bahia Sem Fogo, desenvolvido pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) e os demais militares do efetivo operacional do 11º Grupamento de Bombeiros Militar, que fica na cidade de Lençóis.

Durante o fogo na Chapada Diamantina, além dos inúmeros brigadistas voluntários que atuaram em mais de 75 dias de combate às chamas na região, ainda atuaram 70 bombeiros militares que engrossaram as trincheiras para debelar os focos na Serra das Paridas, Ibicoara, Morro branco e na Estiva. “Além dos homens e mulheres empregados, cinco air tractors e quatro helicópteros do Estado apoiaram a missão do transporte de efetivo e o bambi com lançamento de água.

Jornal da Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

2 Comentários Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.