Bombeiro que atuou nos incêndios na Chapada morre afogado em cheia do rio Jacuípe

Postado em jan 25 2016 - 2:18pm por Jornal da Chapada
foto5

O profissional foi retirado da água ainda com vida, mas antes da chegada do helicóptero de resgate Santos faleceu | FOTO: Reprodução/Facebook |

O bombeiro militar Eduardo Santos Góes, de 32 anos, faleceu na tarde do último sábado durante procedimento de resgate de três pessoas de uma mesma família ilhadas em uma região de Feira de Santana, na localidade do distrito de Galhardo, por conta da cheia do Rio Jacuípe. Inclusive, Eduardo foi um dos que participou dos combates aos incêndios florestais na Chapada Diamantina no fim de 2015.

O soldado estaria de folga, mas apareceu para dar apoio aos seus colegas já que tinha muita experiência em mergulho e salvamento na água. No entanto, depois de salvar duas das três vítimas, Eduardo foi levado pela correnteza e ficou preso à pedras pelas cordas que carregava. De acordo com uma nota emitida pela Polícia Militar, Eduardo e outros dois colegas foram levados pela força do rio enquanto tentavam realizar o resgate.

Ele foi retirado da água ainda com vida, foi realizada a manobra de reanimação cardiopulmonar e logo uma aeronave do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer) foi acionada. Antes da chegada do helicóptero foi confirmado o óbito de Santos. A terceira vítima foi salva sem maiores problemas pelo grupo da PM. Mas o falecimento do soldado deixou todos consternados. O corpo de Eduardo foi enterrado no último domingo (24) no cemitério Jardim Celestial, em Feira de Santana.

Notas de Pesar
Muitas estão sendo as demonstrações de pesar pela morte de Eduardo Góes. A prefeitura de Jacobina e seus brigadistas voluntários, por exemplo, enviaram nota oficial por meio das redes sociais agradecendo o “trabalho desse exemplar guerreiro que se vai prematuramente.”

O governador baiano Rui Costa lastimou a morte do PM através de sua conta no Twitter. “Desejo expressar a minha profunda tristeza com a morte de Eduardo Góes, que deixará um lindo exemplo de dedicação em prol da nossa sociedade. Meu forte abraço a todos os familiares, amigos e aos bombeiros do 2º Grupamento de Bombeiro Militar em Feira. Certamente, a dor da despedida está ao lado da honra de ter convivido com um homem que priorizou a mais nobre missão de salvar vidas”, tuitou o governador.

Também por meio de comunicado oficial, o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia transmitiu pesar pelo falecimento do Sd BM Eduardo Santos Góes. “O soldado de 32 anos, formado em 2012 e lotado no 2° Grupamento de Bombeiro Militar em Feira de Santana, sempre foi um profissional exemplar, proativo e constantemente pronto a ajudar”, afirmou o Comando. Com informações do G1 BA e do site Calila Notícias.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.