Chapada: Lajedinho terá fábrica de cimentos avaliada em R$ 770 milhões

Postado em jan 25 2016 - 11:58am por Jornal da Chapada
foto5

Faz dois anos que uma enchente destruiu a cidade da Chapada Diamantina | FOTO: Jornal da Chapada |

Dois anos depois de ganhar o noticiário por ter sido devastado em uma enxurrada, Lajedinho, na Chapada Diamantina, o quinto menor município da Bahia, com menos de 10 mil habitantes, está prestes a ficar conhecido de outro jeito. O município vai receber um dos maiores investimentos industriais já realizados no semiárido baiano. A CPX, novo grupo brasileiro no mercado de cimentos, concluiu os estudos ambientais para a implantação de uma unidade em Lajedinho, que deve receber investimentos de R$ 770 milhões para produzir 800 mil toneladas de cimento por ano.

O grupo pretende iniciar a construção da planta industrial ainda este ano, após a realização de uma audiência pública na região, ainda no primeiro semestre, e da licença definitiva do Inema, responsável pelo licenciamento ambiental. A estimativa dos investidores é gerar 2 mil empregos na fase de obra, que deve durar entre 27 e 30 meses, além de 200 empregos diretos na fase de operação da fábrica e outros 600 empregos indiretos, com serviços de transporte, limpeza, manutenção, segurança, hospedagem, alimentação, etc.

“Este é um investimento importante para nós, que vai trazer enormes benefícios para toda aquela região”, acredita o presidente da CPX, Rodrigo Lara. Ele diz que o impacto econômico da fábrica de cimento vai se ampliar até outros municípios da região. As informações são do Correio.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.