CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Sérgio Moro homologa dispensa de Lula como testemunha de Bumlai

foto67
O depoimento de Lula tinha sido marcado para segunda-feira (14), às 9h, por videoconferência, na Justiça de São Paulo | FOTO: Reprodução |

O juiz Sérgio Moro homologou nesta sexta (11) o pedido de dispensa do depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como testemunha de defesa do empresário José Carlos Bumlai, réu na Operação Lava Jato. O depoimento de Lula tinha sido marcado para segunda-feira (14), às 9h, por videoconferência, na Justiça de São Paulo. De acordo com o Código de Processo Penal (CPP), o réu pode desistir da oitiva de testemunhas arroladas por ele.

Leia também:
Movimentos e organizações populares seguem com protestos pró-Lula na Bahia
Testemunhem que eu não tenho cara de quem vai renunciar, diz Dilma em entrevista

Em troca do depoimento presencial, Lula enviou, por meio da defesa de Bumlai, esclarecimentos por escrito ao juiz. O ex-presidente afirmou que é amigo de Bumlai desde 2002 e que nunca tratou de assuntos políticos com o pecuarista. Lula também informou que nunca teve conhecimento de que Bumlai tenha usado a amizade com ele para obter vantagens em qualquer tipo de negócio.

Leia também:
Bumlai pede dispensa de Lula como testemunha de defesa
Dilma diz que pedido de prisão de Lula não tem base legal

Antes de decidir pela homologação, Moro disse aos advogados de Bumlai que as declarações enviadas por escrito pelo ex-presidente Lula não podem ser usadas como prova na defesa do pecuarista. Para Sérgio Moro, declarações a favor de investigados devem ser feitas por meio do contraditório, conforme estabelece o CPP. Da Agência Brasil.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas