CidadesCuriosidadesEducaçãoMenu Principal

Chapada: MEC libera recursos para funcionamento do IF Baiano em Itaberaba

mec
O IF Baiano oferece atualmente 3.055 vagas anuais na Bahia para estudantes do ensino médio, superior e pós-graduação | FOTO: Reprodução/Bahia Política |

O Ministério da Educação, órgão do governo federal, autorizou a liberação orçamentária de 40% dos recursos necessários para o término das obras de construção das unidades do Instituto Federal Baiano (IF Baiano) em Xique-Xique e Itaberaba, na ordem de R$ 15 milhões, na última segunda-feira (9). O valor, conforme o reitor do IF Baiano, Geovani Nascimento, permitirá atualização e adequação dos projetos à quantia liberada pelo Ministério da Educação. Nascimento acredita poder realizar uma nova licitação para o reinício das obras o mais rápido possível.

O deputado estadual Eduardo Salles que participou, juntamente com o reitor, da cerimônia de inauguração do campus de Serrinha comemorou a liberação de recursos para o início das aulas. Enquanto as sedes do IF Baiano não ficam prontas, as salas de aula funcionarão em instalações provisórias. Segundo Carlindo Rodrigues, diretor do campus de Xique-Xique, a expectativa é que as aulas no município comecem no segundo semestre, mesmo sem o término das obras da sede própria.

“Estamos finalizando com a Prefeitura a cessão de salas para realizarmos as aulas”, explicou Carlindo Rodrigues. Em Xique-Xique, neste primeiro momento, serão oferecidos cursos de Formação Inicial Continuada (FIC) de operador de irrigação, agricultor familiar, auxiliar agropecuário e auxiliar técnico em agroecologia. “Serão 350 vagas disponíveis”, afirma Carlindo Rodrigues. O IF Baiano oferece atualmente 3.055 vagas anuais na Bahia para estudantes do ensino médio, superior e pós-graduação. Texto atualizado para modificação no título às 11h40.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios