AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

Se não tiver candidato próprio, PT apoiará Lídice na capital baiana

lidice
A senadora Lídice da Mata, do PSB | FOTO: Reprodução/ABr |

Praticamente convencido de que o PCdoB levará adiante a decisão de lançar a candidatura da deputada federal Alice Portugal à Prefeitura de Salvador, o PT passou a trabalhar com dois cenários para o pleito de outubro próximo: apresentar candidato próprio ou apoiar a senadora Lídice da Mata, do PSB. O PT tem entre seus pré-candidatos o vereador Gilmar Santiago, o deputado federal Valmir Assunção e o ex-ministro da Cultura Juca Ferreira, nome preferido do ex-governador e ex-ministro Jaques Wagner. Para evitar divisão no grupo de oposição ao prefeito ACM Neto (DEM), os petistas chegaram a fazer uma sugestão ao PCdoB.

Para obter o apoio do PT, os comunistas trocariam a candidatura de Alice pela da ex-vereadora Olívia Santana, o que o partido não aceita. A proposta obedeceria à avaliação que os petistas fazem com base numa pesquisa qualitativa que, segundo eles, teria apontado que o potencial de crescimento de Olívia é muito maior do que o de Alice. O PT avalia que o PCdoB insiste no nome de Alice para resolver pendências internas com a parlamentar, cuja eleição à Câmara dos Deputados foi dificultada pelo lançamento da candidatura de Davidson Magalhães a deputado federal em 2014.

“Não podemos nos submeter à lógica da solução de um conflito interno deles’, disse um petista em anonimato ao Política Livre no sábado (28). Segundo ele, por causa da ‘insistência do PCdoB’ no nome de Alice, os petistas concluíram que não poderão apoiar o partido à Prefeitura de Salvador, voltando-se ou para uma candidatura própria ou então apoiando o nome da senadora Lídice da Mata. Depois do vídeo da baixaria materna, o deputado Sargento Isidório (PDT) teve o apoio do partido ao seu nome descartado. Redação do site Brasil 247/Bahia.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios