Chapada: Parque Nacional se prepara para combater os incêndios florestais

Postado em set 16 2016 - 12:57pm por Jornal da Chapada
fotro6

A intensificação do período da estiagem acontece normalmente nesta época do ano | FOTO: Reprodução/Dmitri de Igatu |

Com a chegada da primavera e do verão voltam as possibilidades de crescimento dos focos de incêndio em toda a Chapada Diamantina. Pensando nisso é que o Parque Nacional da Chapada Diamantina (PNCD), administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), se uniu a instituições de brigadistas, órgãos públicos e com a iniciativa privada.

Nessa mesma época do ano, em 2015, mais de 31 mil hectares foram atingidos por incêndios, o que representa cerca de 22% da área total da unidade de conservação. Para este ano, entre brigadistas voluntários e contratados pelo ICMBio já foram confirmadas mais de 350 pessoas mobilizadas na prevenção e para o combate aos incêndios florestais.

Com a intensificação do período da estiagem, que normalmente acontece nesta época do ano, a coordenação do parque reuniu diversos segmentos envolvidos neste trabalho, com a proposta de alinhar os planos de ação.
Estratégia

Segundo a gestora do PNCD Soraya Martins, os combates aos incêndios no parque e seu entorno geralmente envolvem diversas instituições. “É muito importante sermos pé no chão, conhecermos os recursos que se encontram disponíveis neste momento e definirmos as funções de cada organização em situações de emergência”, disse.

Um dos órgãos envolvidos, o Instituto do meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema) já está atuando com oito fiscais, sendo quatro peritos. Eles têm a função de inibir a prática de fogo na agricultura e promover atividades de educação ambiental nas escolas, envolvendo as comunidades na prevenção. Com informações do A Tarde Online.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.