Circo Picolino inaugura nova lona com espetáculos e exposição em Salvador

Postado em out 27 2016 - 2:07pm por Jornal da Chapada
picolino

Os espetáculos e exposições vão mostrar o trabalho das onze instituições que vão fazer a gestão compartilhada do circo nos próximos seis meses | FOTO: Reprodução/Degustar Salvador |

Com um concerto de abertura da Banda Sinfônica da Paz, do Neojibá, exposição e espetáculos de música, dança, poesia, capoeira e circo, o Circo Picolino inaugura sua nova lona em Pituaçu, em Salvador, nas tardes e noites deste sábado (29) e domingo (30), com entrada franca, a partir das 14h30. Vão se apresentar também as bandas mirins do Ilê Ayê e do Olodum e as crianças do Programa Conexão Vida e do Grupo Arte Consciente, de Saramandaia. A jornada será encerrada domingo com o Espetáculo “Que tal o Impossível”, com os alunos do I Curso Livre de Circo da Bahia.

Os espetáculos e exposições vão mostrar o trabalho das onze instituições que vão fazer a gestão compartilhada do circo nos próximos seis meses. No encerramento, serão apresentados os jovens indicados por cada instituição que formarão o colegiado para planejar e executar a utilização coletiva do espaço: Grupo Arte Consciente, de Saramandaia; Bagunçaço; Centro de Formação em Artes, da Funceb – Comunicação Interativa (Cipó); Centro de Referência Integral de Adolescentes (Cria); Escola Picolino; Escola Olodum; Ilê Aiyê;Pé de Moleque; Projeto Axé e Programa Conexão Vida.

Homenagem
Com apresentação geral de João Paranhos, a programação começa no sábado, das 14h30 às 19 horas e prossegue no domingo, das 14h30, às 20 horas. Na tarde de sábado, o fundador do Projeto Axé, Cesare de La Rocca, vai receber uma placa de homenagem “Você fez o Impossível, pela dedicação de sua vida em defesa dos direitos das crianças e adolescente, assinada por todas as instituições gestoras do novo espaço. A compra da nova lona e as melhorias nas instalações do circo foram realizadas com recursos do Prêmio Funarte Carequinha de Estímulo ao Circo 2015, na categoria Circos de Lona, com o projeto “Sustentabilidade Cultural”. Com informações de Assessoria

Programação:
Sábado, dia 29
14h30 – Abertura com a Banda Sinfônica da Paz , do Núcleo Bairro da Paz., do Neojiba (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia).
15h15 – Balé da Escola de Dança da FCEBA
16h – Espetáculo de circo –Toda criança tem um sonho…Que tal o inesquecível? Com alunos da Escola Picolino de Artes do Circo.
17h – Homenagem com a entrega da Placa de Reconhecimento “Você fez o impossível, a Cesare de la Rocca, fundador do Projeto Axé.
17h30 Vídeo da CIPÓ.
18h15 – Encerramento com a Banda Mirim Olodum.

Domingo, dia 30
14h30 – Abertura com solo de Jonga Lima e poesia de Gregório de Matos, com João Paranhos
15h – Programa Conexão Vida – Apresentação de Balé Clássico da Associação Ação Social Mosteiro do Salvador e Mobilização Musical do Instituto Comunitário Iniciação Musical Arteducação – Alice
16h – Banda do Ilê Aiyê
17h – Projeto Arte Consciente: dança Afro, box, capoeira e circo.
18h30 – Espetáculo Circense – Que tal o Impossivel? Com artistas do curso de formação da Escola Picolino.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.