Chapada: Prefeita de Nova Redenção encontra prefeitura sucateada: “Não teve transição”

Postado em jan 5 2017 - 1:00pm por Jornal da Chapada
foto1

Veículos abandonados, com motor batido, sem pneus e sem condições de trafegar | FOTO: Divulgação/Ascom |

Banheiros destruídos, salas dos prédios da prefeitura deterioradas, paredes úmidas, veículos parecendo sucatas, escolas sujas, unidades de saúde sem conservação e manutenção. Esse foi o saldo das primeiras 48 horas da situação da prefeitura de Nova Redenção, na Chapada Diamantina, computado pela nova gestão da prefeita Guilma Soares (PT).

“Teremos que reconstruir a cidade. Não houve transição de governo, não temos senhas de bancos, não sabemos nada. Estamos iniciando os processos para saber mais sobre a real situação da prefeitura, mas no geral o estado é de abandono”, salienta a prefeita ao Jornal da Chapada.

ascom

A nova prefeita de Nova Redenção, durante ato em frente ao prédio da prefeitura | FOTO: Divulgação/Ascom |

Na segunda (2) e terça (3), a prefeita participou, junto com o líder do grupo político Ivan Soares, vereadores e a população em geral, de uma oração feita pelo pastor Eloísio Ursulino Santana e entrou pela primeira vez na prefeitura depois de eleita com o pé direito. Guilma e o vice Ademar da Cooteba (PT), em ato simbólico, desataram um laço e depois iniciou a posse dos novos secretários.

“Vamos precisar de tempo e muito trabalho para reconstruir o município, pois não houve transição. A prefeita está correndo para recuperar contas bancárias, gerar novas senhas de banco e de programas”, confirma o vice Ademar.

Jornal da Chapada

Confira mais fotos

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.