Pular para a barra de ferramentas
AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

Início de semana com pouca chance de chuva na Chapada Diamantina

claras
Tempo permanece quente durante os dias | FOTO: Reprodução/Paromino |

As condições do tempo previstas para a Bahia no último dia de janeiro, ainda indica chuvas apenas em algumas áreas do Estado. No setor oeste, estas chuvas deverão ser causadas pelos altos índices de umidade e temperaturas, além de ocorrerem com fraca intensidade e em pontos isolados deste setor. No setor leste, continua sendo a umidade trazida pelos ventos vindos do Oceano Atlântico, os responsáveis por também causar chuvas fracas, sobretudo nas localidades mais próximas ao litoral do Sul e Recôncavo baiano. Por outro lado, o tempo se manterá seco em toda área central do Estado, compreendida pela Chapada Diamantina, Sudoeste, Norte e Nordeste, que se mantêm sob o predomínio da massa de ar quente e seco, dificultando a formação de nuvens e, consequentemente, das chuvas em praticamente todas essas regiões.

Em relação às temperaturas, estas permanecerão elevadas, sendo os maiores índices (máximas atingindo os 36°C), esperados na faixa centro-oeste e norte. Para a faixa leste, essas máximas deverão variar entre 30°C e 35°C. Mesmo com manutenção de tempo quente, ainda são nas áreas serranas da Chapada Diamantina e Sudoeste, onde deverão ser registradas baixas temperaturas, com mínimas podendo chegar aos 16°C. Para a cidade de Salvador e região metropolitana, as temperaturas seguirão oscilando entre mínimas de 23°C e máximas de 32°C. As chuvas previstas serão causadas pelos ventos úmidos vindos do mar, sendo de fraca intensidade, isoladas e mais frequentes durante a madrugada e inicio da manhã.

A estação do verão é caracterizada pelas altas temperaturas e chuvas mais intensas. Além disto, há um aumento da incidência de radiação solar e, consequentemente, dos Índices de Radiação Ultravioleta (IUV’s), como os valores 13 e 14 previstos para os dias 31/01 (terça-feira) e 01/01/2017 (quarta-feira). Estes IUV’s, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), permanecem dentro da categoria de intensidade “Extrema”, devendo assim, manter os cuidados quanto à exposição prolongada à radiação solar, especificamente, nos horários das 10 às 16 horas quando há maior incidência dessa radiação. Com isso, recomenda-se a utilização de protetor/filtro solar, chapéus, bonés, óculos escuros e roupas leves, para minimizar os danos causados a saúde. As informações são do Inema.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios