Chapada: Calendário Cultural de Nova Redenção é apresentado pelo ‘Governo da Reconstrução’

Postado em fev 6 2017 - 1:00pm por Adalício Neto

Jovens artistas de Nova Redenção receberam aplausos dos presentes na apresentação do Calendário Cultural | FOTO: Divulgação |

O Calendário Cultural de Nova Redenção, município da Chapada Diamantina, foi marcado por apresentações de dança, música e teatro, na última sexta-feira (3). Ao ver as cadeiras do Centro de Cultura ocupadas, a prefeita Guilma Soares (PT), do ‘Governo da Reconstrução’, exclamou: “Hoje, a Cultura ressuscitou!”. Nas apresentações, Rodolfo Aguiar, Maria Tereza, Iasmin, Layre, Ana Flávia, Ahyane, Jamile, Marcos Antônio, Geovane e Alan arrancaram aplausos de todos os presentes como há muito tempo não se via.

prefeita

A prefeitura de Nova Redenção, Guilma Soares, durante evento | FOTO: Divulgação |

Com o tema “Cultura e Arte por toda parte”, o Calendário Cultural da Secretaria de Cultura da Prefeitura Municipal de Nova Redenção foi exibido pela secretária Márcia Benevides, que sempre foi uma “agitadora” cultural reconhecida no município. Ela e sua equipe de trabalho já mostraram a capacidade que têm de movimentar a cultura local.

Convidado a discursar, o líder político Ivan Soares, ex-prefeito e também defensor da cultura, lembrou o sacrifício que foi construir um Centro Cultural com a capacidade do Consuêdes Benevides. E lamentou a destruição e descaracterização dos espaços culturais pelos últimos governos, a exemplo do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS).

foto56

A secretária Márcia Benevides fala para o público | FOTO: Divulgação |

“Infelizmente estamos sucedendo um governo que em vez de construir ou ampliar aquilo que fizemos, destruiu ou descaracterizou. Na cultura, a situação foi ainda mais perversa, por isso acredito que haverá a necessidade de buscarmos o marco zero novamente, voltar ao tempo para reconstruir e restaurar aquilo que é do povo, mesmo com a nossa limitação financeira. Mas acredito que com amor e criatividade a prefeita Guilma conseguirá. A cultura popular é aquela cultura que brota do ventre do povo, que sai do coração do povo e aqui ela renascerá através do trabalho”, afirmou Ivan. Jornal da Chapada com informações de Assessoria.

Sobre o Autor

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.