Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEducaçãoMenu Principal

#Brasil: Youtubers são pagos pelo MEC para fazerem elogios às mudanças do ensino médio

ft
O MEC defendeu o investimento nas novas mídias. A campanha sobre as mudanças também envolve mídias tradicionais, como TV e rádio | FOTO: Reprodução |

O Ministério da Educação (MEC) patrocinou uma campanha com youtubers sobre a reforma do ensino médio. Ao todo, segundo a pasta, foram usados R$ 295 mil para vídeos em seis canais do YouTube – Rafael Moreira, Malena, Você Sabia?, Pyong Lee, T3ddy e Rato Borrachudo. A Folha de S. Paulo divulgou nesta sexta-feira (17) matéria sobre a contratação. Assinantes dos canais reclamaram que não houve aviso de que se tratavam de vídeos patrocinados. Em ao menos dois dos vídeos, nos canais Você Sabia e Pyong Lee, os youtubers reforçaram posicionamentos já defendidos pelo MEC e defenderam a importância da reforma.

O MEC defendeu o investimento nas novas mídias. A campanha sobre as mudanças também envolve mídias tradicionais, como TV e rádio. O governo afirma que com os youtubers procuram uma maneira de falar diretamente com o público que mais será afetado pelas mudanças. “As mídias digitais são uma realidade e a campanha institucional do MEC nestes canais é adequada, legal, barata e eficiente para atingir o público-alvo do Ensino Médio”, diz o MEC.Em nota, os donos do canal Você Sabia afirmaram que tiveram liberdade para defender sua opinião. Dizem ainda que o vídeo tem aviso de “contém publicação paga”.

“Nós aceitamos falar sobre o tema porque achamos importante trazer para o nosso público o assunto. Nessa campanha, como em todas as outras que fazemos, nós emitimos a nossa própria opinião sobre o tema. Essa sempre é a nossa condição para fazer um trabalho. Não aceitamos falar nada que nós não acreditamos. Essa é uma cláusula contratual e tivemos liberdade para darmos nossa opinião sobre a reforma do Ensino Médio”, informou o canal em nota. As informações são do Correio 24h.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios