Chapada Diamantina também se mobiliza em manifestações contra o governo Temer

Postado em mar 31 2017 - 6:33pm por Jornal da Chapada
foto

Manifestantes tomaram as ruas do centro da cidade de Itaberaba contra as reformas da Previdência e trabalhista | FOTO: Reprodução/Fórum da Cidadania |

As manifestações contra o governo de Michel Temer (PMDB), nesta sexta-feira (31), movimentaram todo o país, e cidades da região da Chapada Diamantina não ficaram de fora, como foi o caso de Ituaçu, Itaberaba e Lençóis, por exemplo. As principais reclamações são as reformas da Previdência e trabalhista e o projeto de terceirização recém-discutido em Brasília e aprovado pela Câmara Federal.

ituaçu

Professores durante protesto em Ituaçu | FOTO: Reprodução/Informa Barra |

Em Ituaçu, conforme noticiou o site Informe Barra, os professores foram às ruas atendendo a convocação da Confederação Nacional dos Trabalhadores (CNT) e realizaram paralisação e protestos. Os servidores lutam com a classe menos favorecida, para que o governo, por meio da reforma e outros projetos, não tire os direitos adquiridos ao longo do tempo. Na oportunidade, os manifestantes em Ituaçu também reivindicaram da gestão o aumento do piso salarial do magistério.

Em Itaberaba, o Fórum da Cidadania reuniu trabalhadores de vários setores para protestarem contra a atual gestão do Governo Federal. Centenas de manifestantes saíram pelas ruas do centro da cidade entoando palavras de ordem. No município de Lençóis, onde os professores realizaram até greve por conta das medidas do governo Temer, foram pensadas atividades nas escolas com a comunidade para esta sexta.

O professor Vitor Miranda contou ao Jornal da Chapada que foi feito um ‘cinedebate’ na escola localizada na comunidade Quilombola do Remanso. “Passamos o documentário ‘Acabou a paz. Isto aqui vai virar o Chile’, do cineasta Carlos Pronzato”, disse.

Jornal da Chapada

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.