Chapada: Projeto de escalada retorna a Igatu após passar por cidades brasileiras

Postado em jul 19 2017 - 4:09pm por Jornal da Chapada
capa

Existe a ideia de realizar um filme, uma espécie de documentário sobre toda a viagem e escaladas do grupo | FOTO: Divulgação/Facebook |

O projeto ‘Sai da Toca’ está levando escaladores nativos de Igatu, na Chapada Diamantina, para conhecerem os principais picos de escalada do país. Eles conseguiram isso através de financiamento coletivo no site Catarse. “No primeiro momento passamos por Ouro Preto e Sabará em Minas Gerais. Hoje [última terça-feira, 18] estamos em Brasília nos movendo para o Parque dos Pirineus, nossa última parada”, contou o escalador LP Silva ao Jornal da Chapada.

Eles devem retornar a Igatu em agosto. Ainda não há data certa para a volta, pois todo o valor necessário não foi arrecadado. Inclusive o grupo ainda pede a colaboração de quem acredite no esporte e nas suas possibilidades de formação de pessoas. Para isso pode ser feito depósitos ou transferências de qualquer valor com informações que podem ser encontradas através das páginas facebook.com/diamantesdeigatu e no Instagram @diamantesdeigatu.

Confira mais imagens

Este slideshow necessita de JavaScript.

A ideia do grupo foi possibilitar para os escaladores nativos da pequena comunidade da Chapada a oportunidade de conhecerem novos locais onde a prática da escalada é realizada. Inclusive o roteiro incluía a cidade paulista de Ubatuba, mas que acabou saindo da lista por falta de verba.

“O objetivo desse projeto é que quando chegarem a Igatu eles consigam não só despertar neles essa vontade de viajar e escalar, como mostrar que o esporte pode te proporcionar muitas coisas boas”, disse Marília Rodrigues de Sousa, uma das organizadoras do projeto de financiamento coletivo ‘Sai da Toca’.

Existe a promessa da realização de um filme, uma espécie de documentário sobre toda a viagem e escaladas do grupo. Além disso, Marília disse que há “um calendário de oficinas e palestras para as crianças, contando um pouco a história da viagem”.

Por Adalício Neto / Jornal da Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.