Chapada Diamantina é destino certo para aventureiros e amantes da natureza de todo o mundo

Postado em jul 24 2017 - 9:06pm por Jornal da Chapada
foto

O Poço Azul, em Nova Redenção, e o Poço Encantado (foto), em Itaetê, são grutas que possuem uma beleza singular graças ao reflexo azul das águas que ocorre devido a um fenômeno natural | FOTO: Alex Uchôa/Guia Chapada Diamantina |

Cachoeiras, grutas e paisagens de tirar o fôlego. Tudo isso no coração do estado da Bahia, mais precisamente no Parque Nacional da Chapada Diamantina. O contato com a natureza é constante, atraindo aventureiros de todos os cantos do país. Por ser uma região muito ampla, o carro se torna a melhor opção para não perder nenhum detalhe desse território tão rico. Em Salvador, é possível alugar um veículo, por exemplo, e partir da capital baiana até uma das principais cidades da região, Lençóis, depois de cinco horas.

Esse será o ponto de partida para iniciar a exploração, por abrigar ótimas opções de hospedagens, alimentação e agências de turismo. Não se esqueça de colocar na bagagem itens como protetor solar, tênis para caminhada, casaco, roupas esportivas e de banho. Para seguir o roteiro e não errar o caminho, o ideal é utilizar um GPS.

Fotos de Lençóis, Mucugê e Ibicoara

Este slideshow necessita de JavaScript.

Próximo ao centro de Lençóis, o Parque Municipal de Muritiba esconde os belíssimos Salões de Areia Colorida, lugares cobertos com pedras enormes que se desgastam e originam areias de diferentes tons. Os visitantes podem desfrutar de cachoeiras, poços e dos caldeirões de banho com direito à hidromassagem natural, uma excelente alternativa para relaxar. Não deixe de conhecer também o famoso Poço do Diabo, com impressionantes 20 metros de quedas d’água. O local é perfeito para a prática de tirolesa e rapel.

De Lençóis é possível ir para o Vale do Capão em um trajeto de aproximadamente duas horas em que se pode apreciar a incrível paisagem e dar um pulinho no cartão postal da Chapada, o Morro do Pai Inácio, localizado na BR-242. Com uma boa variedade de pousadas, a pequena cidade de 1.500 habitantes é cercada por uma bela formação montanhosa e as atrações incluem os trekkings no Vale do Pati, além da inconfundível Cachoeira da Fumaça. Um passeio pela vila ou um banho de cachoeira no Riachinho são atividades imperdíveis.

Fotos de Palmeiras, Andaraí, Nova Redenção e Itaetê

Este slideshow necessita de JavaScript.

Seguindo viagem, se encontra a pequena cidade de Mucugê e seu Centro Histórico muito bem preservado. O Cachoeirão, um paredão onde diversas cachoeiras brotam, é um dos pontos de destaque junto com o Cemitério Bizantino, local repleto de lápides brancas que datam do século XIX. Pouco mais de 30 minutos pelo caminho da BR-142 e já se avista o próximo destino: a simpática Igatu.

Repleta de histórias para contar, Igatu fica a 40 minutos das atrações mais cobiçadas da Chapada Diamantina: o Poço Azul, em Nova Redenção, e o Poço Encantado, em Itaetê. Essas grutas possuem uma beleza singular graças ao reflexo azul das águas que ocorre devido a um fenômeno natural. Durante o outono e o inverno, os raios solares penetram as cavernas e formam belíssimos feixes de luz azul turquesa. Os turistas aproveitam para apreciar e mergulhar nesse local mágico afastado da civilização, com fácil acesso por carro. Jornal da Chapada com informações do Grupo SEGS.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

1 Comentário Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.