Chapada: Novos agentes de desenvolvimento do Sebrae são nomeados em Ibicoara, Morro do Chapéu e Novo Horizonte

Postado em jul 27 2017 - 1:33pm por Jornal da Chapada
agentes

O agente de desenvolvimento tem a função de articular as ações públicas para a promoção do desenvolvimento local e territorial, mediante iniciativas locais ou comunitárias, individuais ou coletivas | FOTO: Reprodução/Sebrae |

Os novos agentes de desenvolvimento das cidades de Ibicoara, Tayne Caires, de Morro do Chapéu, Jussara Fernandes, e de Novo Horizonte, Euclésio Santos, ambas na Chapada Diamantina, já estão atuando nas Salas do Empreendedor do Sebrae. A nomeação faz parte da política de fomento ao empreendedorismo e da aplicação da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa nos municípios. Com o objetivo de auxiliar no processo de implementação e continuidade dos mecanismos da Lei Geral, o agente de desenvolvimento tem a função de articular as ações públicas para a promoção do desenvolvimento local e territorial, mediante iniciativas locais ou comunitárias, individuais ou coletivas.

Devem trabalhar sob a supervisão do órgão gestor local ou responsável pelas políticas de desenvolvimento do município, que trate de questões relativas ao planejamento municipal. Com essas premissas, os agentes são vinculados às prefeituras dos municípios da região, e tem como papel construir a ponte entre a gestão municipal e o setor privado, buscando demandas de ambos os lados e reunindo interesses comuns para o crescimento econômico dos municípios.

A agente Tayne Luz Caires, de Ibicoara, ressalta a importância da Sala do Empreendedor e da participação efetiva do agente na articulação e mobilização em torno da causa do desenvolvimento local. “Estamos empenhamos em contribuir com a execução de políticas públicas que ajudem no desenvolvimento da nossa cidade e incentive o empreendedorismo. Ibicoara só tem a ganhar”, diz.

O secretário de Meio Ambiente de Ibicoara, Luiz Pimenta, comemora a iniciativa e destaca que a cidade recebe uma importante ferramenta para o desenvolvimento econômico do território. “O Sebrae e a prefeitura vão juntos fomentar o empreendedorismo local e contribuir para a implementação e continuação da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa. A partir de agora, o papel dos agentes é preponderante para alcançar as metas de crescimento do município”, ressalta.

Para o analista técnico do Sebrae em Irecê, Mauro Henrique Viana, as nomeações dos agentes são fundamentais para o desenvolvimento local. “O comprometimento do Sebrae em unir forças para apoiar os pequenos negócios e estimular a implementação de políticas públicas é essencial para o Fortalecimento da economia local, geração de emprego, melhor distribuição de renda e aumento da arrecadação”, explica. Jornal da Chapada com informações da Agência Sebrae de Notícias Bahia.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.