Chapada: Feira da Agricultura Familiar em Itaberaba conta com produtos de assentamentos do MST

Postado em ago 18 2017 - 12:15pm por Jornal da Chapada
feira

De acordo com a direção do MST, o evento possibilitará o diálogo com a sociedade e garantirá a mobilização de seis áreas de acampamentos e assentamentos da região, levando alimentos produzidos sem o uso de agrotóxicos à cidade | FOTO: Ilustração/Carol Garcia/GOVBA |

A produção agrícola dos assentamentos de Reforma Agrária do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) estará na 1º Feira Regional da Agricultura Familiar Territorial da Chapada Diamantina, evento organizado pela administração ‘Cidade de Todos, do prefeito Ricardo Mascarenhas (PSB), que terá início no sábado (19) e segue até domingo (20) no Parque de Exposições de Itaberaba. Diversidade, qualidade e preços acessíveis são características dos produtos que os Sem Terra comercializarão, que somados aos produtos de centenas de agricultores familiares, oferecerão a população itaberabense o melhor da cultura camponesa.

A feira acontece no terceiro domingo do mês de agosto, que por Lei, é Dia do Abacaxi no município, onde se busca potencializar o comércio da produção agrícola familiar com a venda da fruta. Para os envolvidos na construção do espaço esse é mais um motivo para realização de uma grande festa. Paralelo a isso, haverá exposições de produtos, animais, máquinas, veículos e as atividades culturais acontecerão com a participação de grupos de Xula, roda de Samba, apresentações musicais ao som de voz e violão, entre outras atrações.

De acordo com a direção do MST, participar do evento é muito importante, pois possibilitará o diálogo com a sociedade e garantirá a mobilização de seis áreas de acampamentos e assentamentos da região, levando alimentos produzidos sem o uso de agrotóxicos à cidade. Maria da Conceição, moradora do Assentamento Florestan Fernandes, diz que um dos desafios encontrados na produção de alimentos é o processo de comercialização e a iniciativa oferece a oportunidade das famílias venderem seus alimentos sem ‘atravessadores’.

“Com a Feira poderemos mostrar o quanto que o MST tem produzido e se preocupado em avançar na produção de alimentos orgânicos, levando em consideração o bem estar das pessoas e a preservação do solo livre de fertilizantes”, disse Conceição. Já Domingas Farias, da direção estadual do MST, acredita que o evento impulsionará o processo produtivo na região, levando desenvolvimento econômico às famílias assentadas e aos agricultores familiares.

A Feira é uma ação da Prefeitura de Itaberaba através da Secretaria Municipal de Agricultura, Meio Ambiente, Indústria e Comércio (Seama), em parceria com o Sindicato Rural de Itaberaba (SRI) e conta com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), entidade vinculada a confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Jornal da Chapada com informações de Voz do Movimento.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.