Estudantes da rede estadual participam da 2ª fase da Olimpíada Brasileira de Matemática

Postado em set 17 2017 - 8:00am por Jornal da Chapada
foto

A OBMEP distribuirá o mesmo número de medalhas das edições anteriores a alunos de escolas públicas (500 de ouro, 1.500 de prata, 4.500 de bronze e até 46.200 menções honrosas) | FOTO: Reprodução/SEC |

Entre números e cálculos, estudantes da rede estadual de ensino participaram das provas para a segunda fase da 13ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas 2017 (OBMEP). Foi o caso dos alunos do Colégio Estadual Doutor Juca Santo Sé, em Santo Sé (norte), que passaram na primeira fase e estavam muito concentrados e empenhados na resolução das seis questões dissertativas das provas.

“Tem sido muito gratificante e enriquecedor visitar as escolas e vivenciar momentos como este, com os estudantes em pleno sábado [16], atentos e concentrados respondendo questões da Olimpíada de Matemática. Isto comprova que as escolas funcionam e que os estudantes são dedicados e querem realmente ampliar seus conhecimentos, ao tempo em que se preparam para o futuro e buscam uma vocação baseada nos seus estudos”, afirmou o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, que acompanhou a realização da OBMEP na unidade de ensino.

Este ano, a competição nacional que é voltada para estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio bateu novo recorde: 18,2 milhões de inscritos, de 53.230 instituições de ensino, atingindo 99,6% dos municípios brasileiros, e, pela primeira vez, teve a participação de estudantes de 4.472 colégios particulares. Dos 941.594 aprovados para a segunda fase, 903.719 são de escolas públicas e 37.875 de privadas. A OBMEP classifica os 5% mais bem colocados de cada colégio na primeira etapa. O Nível 1 (6º e 7º anos do Ensino Fundamental) tem 315.538 participantes; o Nível 2 (8º e 9º anos) conta com 275.385, e o Nível 3 (Ensino Médio) 350.671.

A OBMEP distribuirá o mesmo número de medalhas das edições anteriores a alunos de escolas públicas (500 de ouro, 1.500 de prata, 4.500 de bronze e até 46.200 menções honrosas). Os estudantes de escolas particulares receberão 25 medalhas de ouro, 75 de prata, 225 de bronze e até 5.700 menções honrosas. Os vencedores serão anunciados em 22 de novembro no site da competição.

As cerimônias de entrega dos prêmios da OBMEP ocorrem em 2018, em data a ser definida. Professores e escolas também concorrem a prêmios, de acordo com o desempenho dos alunos na segunda fase. Criada em 2005, a OBMEP é uma realização do Instituto de Matemática Pura e Aplicada Impa), com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) e recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Ministério da Educação (MEC). As informações são da SEC.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.