Chapada: Gonzagão é o grande homenageado na segunda noite do Festival de Forró em Mucugê

Postado em out 14 2017 - 12:23pm por Adalício Neto

Além de suas canções, o músico gaúcho Renato Borghetti tocou o clássico ‘Asa Branca’, de Gonzagão | FOTO: Gabriel Carvalho |

O eterno Rei do Baião, Luiz Gonzaga (1912-1989), foi homenageado durante a segunda noite de shows do Festival de Forró da Chapada, em Mucugê, na última sexta-feira (13). Todos os artistas que tocaram no palco principal da festa, na Praça do Garimpeiro, executaram canções que foram imortalizadas pelo pernambucano de Exu. A música Asa Branca, concebida há quase um século, foi tocada em diversos momentos, mas o grande destaque para a canção foi quando o gaúcho Renato Borghetti e o “pernambaiano” Targino Gondim fizeram um dueto, levando a multidão ao êxtase.

Borghetti, que está com a agenda de shows lotada neste fim de semana prolongado, abriu seu show com a tradicional “Milonga para as missões”. Em seguida, ele só faltou fazer chover com a sua gaita, que no Nordeste é conhecida como sanfona de oito baixos. No fim da sua apresentação, o gaúcho presenteou Targino com um instrumento produzido em sua fábrica, no Rio Grande do Sul. “A gente não vende essa gaita, a gente produz para que crianças pobres tenham na música uma perspectiva de vida”, disse o artista que foi aplaudido pelo público que lotou a praça.

Renato Borghetti

Pouco antes de Renato Borghetti, se apresentaram Forró do Taz e Eloísa Olinto, que encantou a galera. Com grande presença de palco, repertório de primeira e muita musicalidade, a paraibana fez sua estreia em terras baianas. “É a primeira vez que canto aqui e eu me surpreendi com a grandeza do festival”, disse. Adelmário Coelho também passou pelo palco e fez um show à parte, com canções de seus álbuns em homenagem ao Trio Nordestino e músicas de Jorge de Altinho e Petrúcio Amorim. Após a apresentação, Adelmário enfrentou o grande assédio dos fãs que o interceptaram diversas vezes para fazer fotos, inclusive no hotel onde estava hospedado.

O sergipano Mestrinho trouxe para o festival a musicalidade de Luiz Gonzaga em novos arranjos e também fez uma grande noite. Canções autorais também fizeram o público alternar entre a dança e o olhar atento à performance do artista no palco. Verlando Gomes fez uma apresentação dançante e trouxe sucessos como Cometa Mambembe e músicas que fizeram sucesso na voz de Flávio José.

Já Hugo Luna mostrou porque se chama A Majestade do Forró e mandou ver com músicas que levaram os fãs a improvisarem uma quadrilha junina na praça. Apesar do clima de São João, o artista chamou a atenção e disse que forró é música para o ano inteiro. Rony Barbosa e Trio Aconchego finalizaram o segundo dia de festa. Neste sábado (14), se apresentam Xaxadundum, Ur Minino, Quinteto Sanfônico do Brasil, Genival Lacerda, João Lacerda, Zelito Miranda, Adelino Alves e Ana Clara. Jornal da Chapada com informações de assessoria.

Veja mais imagens

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre o Autor

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.