Temer diz que brasileiro viverá 140 anos e Valmir rebate: “Ele se ridiculariza”

Postado em out 14 2017 - 9:00am por Jornal da Chapada
foto2

“Temer continua sua saga para pagar o valor do golpe contra a presidente Dilma”, frisa o deputado federal | FOTO: Jonas Santos |

Após agenda no município de Nova Redenção, na Chapada Diamantina, onde participou de um encontro regional de educadores do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), nesta sexta-feira (13), o deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) criticou a fala do presidente Michel Temer (PMDB) sobre a reforma da previdência. De acordo com Valmir, “Temer continua sua saga para pagar o valor do golpe contra a presidente Dilma”. É que esta semana o peemedebista, em pronunciamento sobre a importância da reforma da previdência, disse que o brasileiro “logo estará vivendo mais de 140 anos”.

“Era só o que faltava. Temer está cada vez mais se ridicularizando perante a opinião pública. Agora ele defende uma reforma da previdência – que não condiz com o que o setor precisa. Nós vamos barrar essas reformas desse governo ilegítimo primeiro nas ruas e ano que vem nas urnas. Tudo ele coloca na conta do trabalhador, essa política econômica nós já conhecemos, é a mesma aplicada por FHC”, frisa Valmir.

O parlamentar petista ainda foi irônico com a declaração de Temer de que os dados da previdência estão pautados no período em que a expectativa de vida era de até os 60 ou 65 anos e que hoje se vive 80 ou mais anos. “Daqui a pouco, viverá 140 anos, então é preciso fazer reformulações”, disse o presidente. Valmir rebateu: “o comentário do presidente é uma mistura de escárnio com a população e desinformação, típico de quem não tem nenhum compromisso com o povo”, finaliza.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.