CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

#Bahia: Seis partidos aspiram compor chapa majoritária de Rui Costa em 2018

fto
Rui Costa terá trabalho para escolher os membros da chapa para o pleito de 2018 | FOTO: Mateus Pereira |

O governador Rui Costa (PT) precisará de muita habilidade política para acalmar os ânimos dos aliados, ávidos por espaços cada vez maiores na chapa majoritária de 2018. Com a iminente disputa direta com ACM Neto (DEM), muitas siglas se sentem “encorajadas” a cobrar mais atenção do líder petista no ano que vem. Além do PCdoB e PSB, estão no páreo o PSD, PDT, PR e, talvez, o PP. Em meados de setembro, a senadora Lídice da Mata e demais filiados do Partido Socialista Brasileiro (PSB), além do governador Rui Costa (PT), participaram juntos do Congresso Estadual. A presidente da sigla na Bahia voltou a afirmar que o partido deve ter a preferência na chapa petista em 2018.

“Esse encontro mostra que o PSB está forte e que o partido busca o seu espaço na política da Bahia, sem abrir mão das suas bandeiras históricas a favor do povo baiano e da cidadania”, destacou. Entretanto, aliados já consideram muito improvável que a senadora seja “premiada” com um mandato de mais oito anos (até 2026, se for eleita, Lídice completaria 16 anos no cargo). Conforme a Tribuna da Bahia informou, o PCdoB também é uma das legendas que têm pretensões ambiciosas para o pleito. Consultados na semana passada, os deputados Daniel Almeida, Alice Portugal e Davidson Magalhães confirmaram que pretendem sim tentar a reeleição em Brasília – mas até agora não confirmam abertamente o desejo da chapa ao Senado.

O prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho, também é um nome a ser cogitado ao Congresso. “O PCdoB tem vaga na chapa majoritária. Tivemos espaço na chapa majoritária no início desse processo político, em 1998 e 2002. De lá para cá, somos parte do projeto, acumulamos força e achamos que devemos pleitear espaço na chapa majoritária. Esse movimento está em curso. Vai depender ainda de desdobramentos do cenário nacional, que acaba interferindo em cada estado”, declarou o deputado Daniel Almeida, na segunda (16), em entrevista exclusiva à Tribuna. Extraído da Tribuna da Bahia.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios