AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

Chapada: Famílias que ocuparam área da EBDA em Iraquara seguem com ação e querem garantias

foto5
A reunião foi coordenada pelo líder do MSTS na Chapada Diamantina, Mourival José de Souza, que transmitiu as novidades para as famílias | FOTO: Divulgação |

O último domingo (5) foi de debates para as mais de 1,8 mil famílias que ocupam uma fazenda inativa da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA) no município de Iraquara, na Chapada Diamantina. É que os líderes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MSTS) levaram uma série de demandas para tratar com os ocupantes e garantir a permanência de todos na localidade. Para o líder do movimento na região, Mourival José de Souza, o encontro serviu para esclarecer sobre a situação atual da ocupação, nomeada de ‘Estadão de Iraquara’ e levar as novidades da reunião na Sedur realizada na última semana com a mediação do vereador de Salvador, Luiz Carlos Suíca (PT) (veja aqui).

“Estamos com uma série de agendas para tratar da ocupação e uma delas aconteceu na semana passada com o governo do estado. Inclusive, a secretária da Sedur, Jusmari Oliveira, se mostrou sensível à nossa causa e deve nos ajudar a ter essa área reconhecida para que as famílias possam dar prosseguimento às suas vidas. Esperamos resolver isso o mais rápido possível para garantir nossa permanência aqui e estruturar o bairro com luz, água, calçamento e toda a infraestrutura de bairro. Essa semana temos mais reuniões com o vereador Suíca, que tem dado todo o suporte ao movimento na Chapada Diamantina”, salienta Mourival.

Para o advogado Gilmário, a reunião foi mais um momento para fortalecer a luta das famílias que adotaram o ‘Estadão de Iraquara’ como seus locais de moradia. “Vamos continuar resistindo a mentiras e calúnias contra as famílias que atuam em Iraquara. Não vamos sucumbir por causa de notícias falsas, estamos dialogando diretamente com o governo estadual, que detém essa área. O povo precisa continuar trabalhando e lutando por seus direitos. Terra é uma dessas lutas, é um direito do cidadão brasileiro e em Iraquara vamos continuar com o movimento para garantir a permanência dessas famílias e, dessa forma, continuar com a ocupação. Queremos produzir, e essa área tem potencial para isso”, completa.

Jornal da Chapada

Confira mais imagens

Este slideshow necessita de JavaScript.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios