Chapada: Famílias que ocupam área do governo em Iraquara denunciam intimidação

Postado em nov 10 2017 - 9:41am por Jornal da Chapada
foto

De acordo com denúncia, a ação é orquestrada pelo deputado federal licenciado e atual secretário de Relações Institucionais (Serin), Josias Gomes, que mantém base política na região | FOTO: Divulgação/MSTS |

As mais de 1,8 mil famílias que ocuparam uma fazenda inativa da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), no município de Iraquara, na Chapada Diamantina, denunciaram ato de intimidação com uma suposta ação de reintegração de posse nesta sexta-feira (10). De acordo com a comissão do Movimento dos Trabalhadores de Sem Teto (MSTS), não há nenhum pedido judicial a ser cumprido e que o caso é “um flagrante ato de intimidação às pessoas que querem sua moradia digna”. O estudante de Direito que acompanha o caso, Gilmário, descaracterizou a reintegração de posse, disse que o bairro ‘Estadão de Iraquara’ está pronto para as famílias morarem e que se trata de uma ação política.

“Conversei com o major da polícia que está no comando da ação e ele disse que não há reintegração de posse, mas sim uma ação administrativa com a Saeb [Secretaria Estadual de Administração] e a Sedur [Secretaria de Desenvolvimento Urbano] com órgãos ambientais. Não há reintegração de posse, não existe nenhuma decisão judicial e estão tirando as cercas e as pessoas estão aterrorizadas, investiram suas vidas nessas casas simples e agora passam por uma situação dessa. O Estado que era para lhe resguardar é que está sendo o algoz na questão. Lamentável que o povo não possa ao menos ser ouvido”, descreve Gilmário.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ainda de acordo com a denúncia, o próximo passo do movimento é seguir na negociação com a força policial presente. “Estamos negociando o material. Os policiais disseram que de início vão tirar a cerca, mas estamos aguardando o retorno do major para que possamos retomar a negociação. Eles já estão tirando as cercas. Tem várias famílias morando aqui já e todos estão apreensivos”, completa Gilmário. Conforme informa o líder do movimento na região, Mourival José de Souza, a ocupação “mexeu com alguns poderosos da política do estado e na região”.

Mourival diz que a ação é orquestrada pelo deputado federal licenciado e atual secretário de Relações Institucionais (Serin), Josias Gomes, que mantém base política na região. “Tem uma ação comandada por políticos ligados ao prefeito da cidade, Edimário Novais, que junto com Josias Gomes e o PT local querem a área de qualquer jeito, deixando o povo na mão. Não tem reintegração de posse é uma desobstrução feita pela polícia. Tem trator aqui derrubando o que já construímos, isso é um absurdo. As famílias com crianças e idosos sendo constrangidas dessa maneira. É vergonhoso”, completa.

Jornal da Chapada

Veja vídeo

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

4 Comentários Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.